- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Sebrae Tocantins reconhece empresas atendidas no programa ALI Produtividade

Mais Lidas

Para reconhecer e valorizar os empreendedores que participaram do Ciclo I do programa ALI/Produtividade, que ocorreu no segundo semestre do ano passado, na capital, o Sebrae Tocantins realizou na noite desta terça-feira, 04, em Palmas, o evento Celebre ALI Produtividade. A iniciativa apresentou os cases de sucesso das empresas atendidas pelos Agentes Locais de Inovação.

Ainda durante o evento foi realizado o lançamento das inscrições para o ciclo III, que terá início em agosto desse ano. As microempresas e empresas de pequeno porte interessadas já podem fazer adesão ao programa.

O programa ALI Produtividade tem o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada. Também durante o atendimento às empresas, os agentes trabalham a maturidade financeira do negócio, identificação dos problemas, mapeamento e implementação do plano de ação e soluções e ainda comercialização e mercado dos produtos e serviços.  

O diretor técnico do Sebrae, Rogério Ramos, pontuou que a inserção de novos agentes no mercado é um fator importante para o desenvolvimento das empresas do Tocantins. Ele ainda explicou que o negócio que adere ao programa recebe a visita e o atendimento de um Agente Local de Inovação. “Neste encontro é realizado um diagnóstico completo do estágio da inovação e das oportunidades de melhoria a serem exploradas para ampliar a sua competitividade do negócio”, conclui. 

Atuação

O agente de Produtividade contribui com ferramentas de gestão para identificação das demandas, implantado soluções inovadoras para as empresas. Ele também provoca o encontro de forma coletiva das experiências entre os empresários. “O agente realiza junto ao empreendimento uma jornada que dura em média quatro meses, com encontros virtuais coletivos ou presenciais individuais e atividades para o empresário. Em média cada agente atende 25 empreendimentos”, informou o diretor. (Assessoria de Imprensa do Sebrae-Tocantins)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias