- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 25 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Senador Zequinha Marinho renuncia presidência do PL de Bolsonaro no Pará

Mais Lidas

O senador Zequinha Marinho anunciou sua renúncia ao cargo de presidente do Partido Liberal do Pará. O anúncio foi feito em suas redes sociais. O senador disse que a decisão foi necessária para que o partido continuasse a cumprir seu papel na sociedade e no estado do Pará.

Ele afirmou também que a renúncia não significa que ele está deixando as fileiras da oposição, mas que sua saíde, visa deixar o partido mais forte para 2024.

A decisão foi recebida com surpresa por muitos, já que Zequinha Marinho estava no comando do PL há dois anos e estava tendo bons resultados. O partido agora busca um novo presidente, que deverá ser escolhido em uma assembleia em breve.

O parlamentar divulgou uma nota comentando o assunto:

Em um Brasil que vive grandes decisões políticas, temos confirmada a previsão feita, que o governo instalado no Palácio do Planalto é a certeza do desastre, tão quanto nas oportunidades anteriores em que comandou o país.

No estado do Pará a situação não é diferente. O povo sofre diante de um governo marcado por incompetência, somando a escândalos de corrupção e ao estilo autoritário.

No processo eleitoral de 2022, convocado pelas forças do campo da Direita, emprestei meu nome e me dediquei a representar em meu estado a resistência da coalizão formada por conservadores, liberais e cristãos, concorrendo ao cargo de Governador do Pará, apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ao aceitar a missão e assumir a presidência estadual do PL, entendi que meu papel era conduzir um projeto que, em algum momento, pudesse ser ajustado para a boa gestão do Diretório Estadual do Partido Liberal no Pará. Este é o momento.

Estou convicto que o PL Pará possui, hoje, as condições necessárias à abertura de um processo interno de discussão democrática sobre os rumos do partido no estado.

Considero cumprida minha missão e ofereço minha renúncia ao cargo de presidente estadual do Partido Liberal no Pará.

Que esse meu gesto seja reconhecido como uma demonstração de lealdade aos eleitores da Direita paraense e que estejamos mais competitivos e fortes em 2024.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias