Connect with us

Bico do Papagaio

Sistemas Penitenciário de Tocantinópolis e Augustinópolis terá atendimento jurisdicional por videoconferência

Publicado

em

Com o objetivo de possibilitar à população carcerária dos Sistemas Penitenciário e Prisional e aos internos do Sistema Socioeducativo do Tocantins acesso aos serviços jurisdicionais durante a pandemia da Covid-19, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) e a Defensoria Pública do Estado (DPE) celebraram um Acordo de Cooperação Técnica para a realização de atendimentos por videoconferência, para assim dar continuidade aos serviços dos órgãos de justiça dentro das unidades no período de isolamento social, preservando a saúde e a segurança de todos os envolvidos.

Para o secretário da Seciju, Heber Fidelis, essa parceria garante o acesso dos apenados ao Sistema de Justiça e fortalece o trabalho da Pasta na garantia de direitos. “Essa é mais uma parceria exitosa junto aos órgãos de Justiça, o que facilitará àqueles que estão em ambiente de cárcere ou no Sistema Socioeducativo a melhor execução de seus direitos”, ressaltou o gestor da Pasta.

O superintendente dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes de Sousa Alves, também reforça o compromisso da Gestão no trabalho integrado com o Sistema de Justiça. “Quanto mais parcerias como essa e mais pessoas dos órgãos de Justiça envolvidos na execução da pena, alcançaremos resultados cada vez melhores”, afirmou.

A parceria se estende por 24 meses, contemplando todas as unidades prisionais femininas, unidades prisionais de Augustinópolis, Tocantinópolis, Araguaína (Casa de prisão provisória e Barra da Grota), Guaraí, Colinas, Paraíso, Porto Nacional, Palmas, Gurupi (Casa de Prisão Provisória e Cariri), Dianópolis, Miracema e Arraias. Ressalta-se que também serão atendidas as unidades do Sistema Socioeducativo, de acordo com a disponibilização do espaço e do serviço de internet.

Instalação dos equipamentos

Dentre as unidades que já estão se adequando para receber os equipamentos cedidos pela DPE, a Unidade Penal de Guaraí foi uma das primeiras, fazendo parte da Região III, que engloba as Unidades Penais de Pedro Afonso, Cadeia Pública de Colinas, Bernardo Sayão, Arapoema, e de Colméia, e que irão receber a instalação dos equipamentos para atendimento direto com a DPE por meio de videoconferência, onde ainda será disponibilizando um espaço físico com acesso à internet.

Já no Sistema Socioeducativo, o Centro de Internação Provisória de Santa Fé (Ceip Norte) e o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) também já receberam os equipamentos possibilitando aos adolescentes internados, o acesso aos serviços da DPE de forma remota.

Segundo o chefe do Case, Geovani Brito, a parceria foi bem recebida na unidade. “Este é sem dúvida um ganho para o Socioeducativo, uma vez que irá diminuir distâncias e garantir tranquilidade e segurança tanto para os adolescentes quanto para os agentes durante o traslado aos órgãos de Justiça”, concluiu.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Mulheres tentam recuperar espaço na Câmara

Publicado

em

Os registros de candidaturas femininas em Araguatins, maior colégio eleitoral do Bico do Papagaio, subiram 38,7% se comparadas a eleição municipal de 2020 com a 2016. Agora são 43 postulantes, ante as 31 do pleito anterior.

As mulheres representam 34,4% dos registros deferidos pela Justiça Eleitoral para disputar cadeiras na Câmara de Araguatins.

A Lei 9.504 de 1997, alterada em 2009, determina que “cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo”. Dessa forma, o percentual mínimo de candidaturas femininas por partido é de 30%

As 43 candidatas vão tentar recuperar ou ampliar espaço no Poder Legislativo Municipal, que na atual legislatura não conta com nenhuma mulher.

A última vereadora eleita em Araguatins, foi Dora do Zé Guilherme, na eleição de 2012, quando disputou pelo PSB e acabou não sendo reeleita em 2016.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Veja a agenda dos candidatos a prefeito para esta quarta, 28

Publicado

em

Os candidatos à Prefeitura de Araguatins nas eleições de 2020 divulgaram suas agendas de campanhas para esta quarta, 28. Eles foram organizados em ordem alfabética a partir do nome de urna. Veja abaixo.

Desde o dia 27 do mesmo mês, estão liberados atos de campanha, como a realização de comícios, carreatas, distribuição de material gráfico e propaganda pela internet.

AQUILES DA AREIA (PP): Às 18h visita a Feira Ecosol e a partir das 19h reuniões de vereadores em bairros da cidade

CLÁUDIO SANTANA (MDB): Não divulgou agenda.

IAN CAVALCANTE (PL): Faz visitas no bairro Vila Cidinha durante todo o dia.

RONALDINHO: Não divulgou agenda.

ROCHA MIRANDA (PTB): Não divulgou agenda.

Continue lendo

Bico do Papagaio

BURITI: Lucilene lidera disputa pela Prefeitura com 55,3%. Borjão tem 34,7% aponta iABR

Publicado

em

O Instituto ABR (iABR) divulgou nesta quarta, 28, uma pesquisa de intenção de votos para prefeito de Buriti, município do Bico do Papagaio. O levantamento ouviu 300 eleitores no dia 24 de outubro. Confira os resultados.

Dois candidatos disputam a Prefeitura de Buriti: Américo dos Reis Borges, o Borjão (MDB), que concorre à reeleição; e a servidora pública Lucilene Gomes de Brito (Solidariedade).

Pesquisa estimulada

Lucilene aparece com 55,3% dos votos, enquanto que Borjão foi citado por 34,7%. Outros 10,0% afirmaram que não sabem ou não opinaram.

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, na qual o entrevistador não menciona os nomes dos candidatos, Lucilene é mencionada por 51,0% dos eleitores. Borjão foi lembrado por 35,7%. Não souberam ou não opinaram representam 13,3%.

Rejeição

Ao serem questionados sobre em quem não votariam de jeito nenhum para prefeito, 44,7% dos entrevistados responderam Borjão, enquanto que Lucilene é rejeitada por 24,7%. Os demais 30,6% não rejeitam ninguém ou não responderam.

O Instituto ABR ouviu 300 eleitores em Buriti no dia 24 de outubro. O levantamento tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 5,6 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número TO-08334/2020.

Continue lendo
publicidade Bronze