- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 26 / fevereiro / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

SÍTIO NOVO: Biquense lança livro poético “Cicatriz Feminina – Dói Nascer Mulher” e revela profunda reflexão sobre o universo feminino

Mais Lidas

A poetisa Juliane Sousa, moradora de Sítio Novo, no Bico do Papagaio, lançou este mês o seu segundo livro intitulado “Cicatriz Feminina – Dói Nascer Mulher”. A obra, disponível na plataforma digital Amazon e futuramente em versão física, destaca-se por abordar temas sensíveis e relevantes relacionados ao universo feminino.

Juliane, além de professora de inglês que ministra aulas online para brasileiros no exterior, acumula prêmios e reconhecimentos ao longo de sua trajetória acadêmica e profissional. Graduada em Letras-inglês pela UEMA, ela recebeu o prêmio de melhor projeto de extensão UEMA em São Luís em 2014 e foi eleita a melhor professora do ano de 2018 pelo Colégio Dom Orione em Tocantinópolis.

O lançamento do livro representa um mergulho profundo nos sentimentos da autora, que buscou expressar, por meio da poesia, suas angústias e dores ao enfrentar questões como feminicídio, machismo, assédio, padrões de beleza impostos, violência doméstica e preconceito.

Os primeiros poemas de “Cicatriz Feminina” foram concebidos durante oficinas de escrita criativa para mulheres, sob a orientação da professora doutoranda Samanta Matos, em Imperatriz-MA. A poetisa destaca que a inspiração para os versos surgiu do desejo de abordar temáticas femininas e vociferar sua indignação diante da realidade machista que permeia a sociedade.

A obra, disponível na plataforma digital Amazon, também pode ser adquirida por meio do WhatsApp (99)98802-7977. Juliane Sousa revela que em breve o livro será lançado na versão física, atendendo aos leitores que preferem os tradicionais livros de papel.

O livro “Cicatriz Feminina – Dói Nascer Mulher” é um convite à reflexão e à transformação, proporcionando uma visão íntima e profunda sobre a experiência feminina na sociedade contemporânea. A obra ressoa como um grito poético de resistência e empoderamento, trazendo à tona as cicatrizes que marcam a jornada das mulheres, mas também celebrando sua força e resiliência.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias