- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 20 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

TOCANTINÓPOLIS: Profissionais da Educação recebem formação em Alimentação Escolar

Mais Lidas

A Superintendência Regional de Educação de Tocantinópolis promoveu uma formação continuada sobre as Boas Práticas de Manipulação de Alimentos. O evento foi realizado nos dias 20, 22, e 23 de abril, de forma presencial para as pessoas que atuam com alimentação escolar das unidades de ensino localizadas na cidade e online para os profissionais das escolas dos outros municípios. A formação também foi realizada com os servidores da Escola Indígena Matyk, na aldeia São José, contemplando 120 profissionais. 

Essa formação acontece todos os anos, e faz parte das ações da Secretaria da Educação, com a finalidade de orientar as manipuladoras quanto ao manuseio, preparo, armazenamento e distribuição dos alimentos, visando oferecer ao estudante uma refeição saudável observando todos os critérios de qualidade. A formação em Tocantinópolis foi coordenada pelas nutricionistas Linaya Costa Silveira, Luana Andressa Amorim e Patrícia Araújo. 

O professor Dorismar Carvalho de Sousa, superintendente regional de Educação de Tocantinópolis, falou da importância da ação. “A capacitação acontece em três momentos formativos trabalhando as especificações de cada grupo. Destaco a relevância do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para as instituições de ensino, que é uma política pública importantíssima para a construção de hábitos alimentares saudáveis no contexto escolar e fortalecer a qualidade educacional”.

As nutricionistas explicaram que a formação foi realizada em três dias e os conteúdos foram compartilhados de forma lúdica e sucinta. “Também foi possível realizar um momento de socialização sobre a rotina das atividades dentro da área de preparação com as pessoas que atuam na manipulação. Com formação, poderemos garantir a oferta de um serviço de qualidade e uma alimentação saudável para todos os estudantes da rede estadual de Tocantinópolis”, frisou Linaya. 

A diretora Irene Moraes Sousa Alves, do Colégio Estadual Cívico-militar Professor José Carneiro de Brito, também comentou sobre a atividade. “A formação foi importante para o trabalho no dia a dia nas escolas, pois auxilia na implementação das técnicas e normas do PNAE, proporcionando mais qualidade na alimentação e consequentemente influenciando o rendimento escolar”, afirmou.

Regina Rodrigues da Conceição que trabalha como manipuladora há sete anos, no Colégio Estadual Dr. José Feliciano Ferreira, de Santa Terezinha do Tocantins, comentou sobre a ação. “A formação foi ótima para melhorar minhas práticas, principalmente, neste momento em que a escola passou a atender em tempo integral. Eu precisava de orientações, a formação me proporcionou aprendizado novo, esclareceu dúvidas e me proporcionou mais segurança para trabalhar”, contou.

“Foi gratificante participar da formação, foi um momento de muita aprendizagem e conhecimento para o nosso trabalho. Eu me senti valorizado em estar participando dessa oportunidade”, destacou Leandra Lima Pereira, manipuladora de alimentos da Escola Estadual Paroquial Cristo Rei, de Tocantinpópolis. 

A técnica responsável para acompanhar as manipuladoras de alimentos, Brunna Karolaynne Amorim do Colégio Estadual Dom Orione também comentou sobre o êxito da formação. “Quero parabenizar essa equipe responsável por todo esse trabalho, que foi realizado com eficiência”, concluiu.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias