- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 22 / fevereiro / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

TOCANTINÓPOLIS: Unidade Penal lança livros com a literatura de cordel escritos por presos

Mais Lidas

Foi por meio da literatura de Cordel que 28 custodiados da Unidade Penal (UP) de Tocantinópolis escreveram suas rimas, seus anseios e sentimentos de mudança de vida na terceira edição do projeto de remição da pena pela leitura que deu vida a exemplares do livro ‘Recomeçar com Cordel: um novo olhar para a vida’.

O livro é uma coletânea de textos escritos pelos presos que optaram por participar do projeto sob coordenação e supervisão dos policiais penais e analistas da Unidade e conta com parcerias da Secretaria Estadual de Educação, Poder Judiciário e Ministério Público.

O chefe da Unidade, Diego Rocha, esteve com policiais penais na manhã desta quarta-feira, 07, na Seciju para apresentar o resultado do trabalho aos secretários, Deusiano Amorim, Hélio Marques, ao superintendente dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Rogério Gomes, e ao gerente de Administração e Operações, Cleber Solano.

“Para nós, policiais penais, é muito gratificante porque conseguimos ver e sentir que estamos no caminho certo levando a ressocialização com estudo e com trabalho para que ao saírem retornem com dignidade, mais conhecimento e mais oportunidades para seguirem suas vidas”, falou o chefe da UP.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias