- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 25 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

AGUIARNÓPOLIS: Homem é acusado de estuprar duas netas da companheira

Mais Lidas

Uma técnica de laboratório de 33 anos procurou a delegacia da Polícia Civil para registrar o crime de estupro de vulnerável praticado por um auxiliar de serviços gerais de 44 anos contra suas filhas, duas crianças.

O crime ocorreu em Aguiarnópolis, no Bico do Papagaio e o principal suspeito reside há três anos com a avó das vítimas.

Conforme o registro policial, uma das vítimas sofreu abuso seis vezes desde o início de dezembro de 2022. O crime ocorreu na própria casa, enquanto a mãe estava no trabalho.

Nos cinco primeiros abusos, o suspeito tirava a roupa da vítima e passava a mão no seu corpo. No último abuso, segundo o relato da vítima, houve o estupro. 

O crime contra a segunda vítima ocorreu na casa da avó, quando a mãe deixava a filha na residência. Em um dos abusos, a vítima contou à mãe que dormia na rede e acordou com o suspeito tocando em suas partes íntimas, fato ocorrido em outras vezes.

Após tomar conhecimento do crime, no início deste mês, a mãe procurou o Conselho Tutelar, que orientou comunicar a delegacia.

Dados

Até 19 de abril deste ano, a Secretaria da Segurança Publica registrou  215 vítimas por estupro de vulnerável no Tocantins. O mês de março apresenta mais vítimas, 68. Nos primeiros 19 dias de abril – última atualização dos dados-  são 26 vítimas. (Com informações do Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias