- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 21 / maio / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUAÍNA: Atuação da Fiscalização Ambiental na Cavalgada reduziu registros de maus-tratos aos animais

Mais Lidas

A 33ª Cavalgada de Araguaína reuniu 40 comitivas e cerca de cinco mil animais no último dia 4 de junho. O evento contou com uma rede ampla de fiscalização e apoio da Prefeitura de Araguaína, por meio da Fiscalização Ambiental Municipal, Polícia Militar Ambiental, Naturatins (Instituto Natureza do Tocantins), CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e Ministério Público do Tocantins para coibir situações de maus tratos aos animais.
 
Conforme o relatório emitido e assinado pelos órgãos, durante a passagem das comitivas, apenas uma denúncia foi feita, relacionada a um animal que se deitou na Avenida Cônego João Lima. Um veterinário foi acionado para fazer a avaliação e ficou constatado que não houve maus-tratos. Logo na sequência, o animal retomou o percurso.
 
“Contudo, diante da situação, o Sindicato Rural foi informado do caso, a comitiva foi desclassificada e multada, e o cidadão responsável pela situação será convocado para ser ouvido sobre o fato”, explica Orialle Barbosa, diretor de fiscalização da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Araguaína.
 
Denúncias apuradas
Outras poucas denúncias surgiram no pós-Cavalgada, quando alguns animais foram encontrados amarrados em árvores em canteiros centrais antes de serem embarcados para as fazendas. A fiscalização foi acionada e esteve nos locais para averiguação e não houve constatação de maus-tratos.
 
“Os animais receberam água e alimentação enquanto aguardavam o transporte. Sobre o fato de estarem amarrados muito próximo às árvores, a medida é necessária para que o animal não se enrosque na corda e também não invada a via pública”, detalha Oriale.
 
Evento de sucesso
Para o presidente do SRA (Sindicato Rural de Araguaína), Wagner Borges, a Cavalgada de 2023 pode ser considerada um evento de sucesso pela organização das comitivas e dos órgãos envolvidos nas fiscalizações.
 
“Todos estavam compromissados com o respeito, com o bem-estar animal e em fazer uma apresentação bonita para a população. Esse ano, foram poucas denúncias de maus tratos, sinal de que o trabalho de conscientização vem dando resultados. O meu muito obrigado à Prefeitura e todos que atuaram pela segurança dos animais, público e participantes”, disse o presidente.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias