- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 26 / maio / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUAÍNA: Hospital Municipal recebe habilitação para cirurgias cardíacas pediátricas e assistência de alta complexidade cardiovascular

Mais Lidas

O HMA (Hospital Municipal de Araguaína) recebeu do Ministério da Saúde a habilitação na assistência de alta complexidade cardiovascular e na realização de cirurgias cardíacas pediátricas. Com a Portaria nº 560 do órgão federal, do dia 5 de maio, a unidade tornou-se a única do Tocantins a possuir condições técnicas, instalações físicas, equipamentos e recursos humanos adequados à prestação desse tipo de serviço.

“É uma conquista muito importante, demonstra que estamos no caminho certo e que temos apoio do Governo do Estado e Federal para continuar prestando um serviço de qualidade. Com essa portaria, também nos tornamos o 67º município do Brasil habilitados para as cirurgias cardíacas pediátricas “, afirma a secretária da Saúde, Ana Paula Abadia.

Antes, o serviço era custeado a partir de um convênio com a Secretaria Estadual da Saúde, mas a habilitação permitirá que o HMA receba incentivos também do Governo Federal, que participará com um recurso anual de R$ 1.338.442,08 para a manutenção das ações e serviços públicos de saúde relacionados à cardiologia. Conforme o documento federal, o valor total é repassado em parcelas mensais.

O Governo do Tocantins continuará responsável pela regulação das cirurgias cardíacas pediátricas em Araguaína, ou seja, gerenciando o processo de solicitação e o tempo de espera para a realização dos procedimentos no HMA.

Mais qualidade de vida para as crianças

No HMA, 186 crianças foram beneficiadas com o tratamento cardiovascular pediátrico realizado desde setembro de 2019. O hospital é gerido pelo ISAC (Instituto Saúde e Cidadania) e fiscalizado pela Prefeitura de Araguaína.

Waldemar Cardoso, diretor geral do Hospital Municipal de Araguaína, reforça que o papel da organização social é oferecer um serviço de qualidade, eficiente, seguro e que cumpra os requisitos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

“Quando o serviço é habilitado, significa que conseguimos cumprir esse papel, que o hospital cumpriu todos os requisitos das portarias ministeriais e da Anvisa para habilitar o serviço. Nosso trabalho passa a ter a aprovação do Ministério, que referenda a nossa atividade E isso, para nós e para Araguaína, é uma grande conquista”

O serviço de alta complexidade é feito por dois cirurgiões cardíacos pediátricos, um perfusionista, dois anestesistas e um médico especialista em cardiopediatria, além de enfermeiros, técnicos em enfermagem e demais profissionais das áreas que atuam no suporte às cirurgias.

Referência nacional e internacional

Com uma equipe formada por mais de 350 profissionais, essa não é a primeira vez que o Hospital Municipal recebe o reconhecimento pelos serviços prestados. Em 2021, a unidade conquistou o selo Acreditação Qmentum Internacional, nível de excelência Diamante, o mais alto do programa com sede no Canadá, que tem como foco o atendimento humanizado, boas práticas assistenciais e a governança clínica.

Além disso, o HMA é o único do Estado do Tocantins e o segundo da Região Norte do Brasil contemplado com o prêmio “Melhores Hospitais Públicos do Brasil” do IBross (Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde). Dentre os 40 hospitais avaliados, a unidade ficou em 22º lugar, na mesma colocação que outras duas instituições de São Paulo (SP), o Hospital Estadual Sapopemba e o Hospital Geral do Grajaú. (Giovanna Hermice / Fotos: Marcos Filho Sandes)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias