- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 17 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUATINS: Homem é preso por tentativa de triplo homicídio em bar no povoado Macaúba

Mais Lidas

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 10ª Delegacia de Araguatins, prendeu nesta quarta-feira, 12, por triplo homicídio tentado, um homem de 25 anos suspeito de atirar e ferir três pessoas durante uma briga em um bar. O fato ocorreu na madrugada do dia 16 de outubro de 2022 no povoado Macaúba. 

Conforme explica o delegado-chefe da 10ª DP, Teofabio Alves Siqueira, logo após os fatos, que ocorreram por volta da 1 hora, as equipes da Unidade Especializada iniciaram as investigações  identificando o autor e desvendando a motivação para os crimes.

“As investigações apontaram que na madruga dos fatos havia uma confraternização em um bar, no Povoado Macaúba, quando teve início uma confusão entre o irmão de uma das vítimas e um garçom que trabalhava no local. Em meio a confusão, o suspeito, que nada tinha a ver com os fatos, se envolveu na ocorrência e efetuou vários disparos contra a primeira vítima”, explicou o delegado. 

Outras pessoas também se envolveram na briga e o atirador continuou efetuando disparos que acabaram atingindo uma mulher que estava no local. Feridas, as duas vítimas foram levadas para o hospital.  “Ocorre que não satisfeito, o atirador voltou ao local a fim de levar sua irmã embora. Neste momento ele foi confrontado por dois outros homens sobre as razões de ter praticado os disparos. Foi quando o investigado sacou novamente a arma e atirou duas vezes na direção das vítimas, atingindo uma delas de raspão na cabeça. Logo em seguida, o indivíduo fugiu do local e se apresentou dias depois na Delegacia de Araguatins, mas resolveu permanecer em silêncio”, ressaltou a autoridade policial.

Com base na extensa investigação e diante da gravidade dos fatos, o delegado Teofabio representou junto ao Poder Judiciário pela prisão do indivíduo. O inquérito foi concluído com o indiciamento do homem pelos crimes de homicídio qualificado tentado. O procedimento foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público para a adoção das medidas legais cabíveis. 

“Trata-se de um crime grave em que o autor, demonstrando frieza e extrema violência, atirou várias vezes com a intenção de matar pessoas que nada tinham lhe feito. Em seguida, sem se importar com o grande número de frequentadores do local, passou a efetuar disparos a esmo, atingindo pessoas inocentes”, frisou a autoridade policial

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias