- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 19 / abril / 2024

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUATINS: RURALTINS promove Dia de Campo do ABC Corte

Mais Lidas

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins) promoveu, nesse sábado, 27, um encontro especial na Fazenda Araguaiana, localizada na região do Bico do Papagaio, em Araguatins. O Dia de Campo realizado por meio do Programa ABC/Corte (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) e Integra Zebu teve como objetivo principal incentivar práticas sustentáveis na agricultura e fornecer conhecimentos técnicos aos produtores.

O evento reuniu produtores da Associação de Produtores da Região do Bico do Papagaio (ProBico-TO), e contou com a participação de especialistas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e técnicos do Ruraltins, que compartilharam informações valiosas sobre a tecnologia de Integração, Lavoura, Pecuária do Programa Integra Zebu, Programa ABC Corte e Solos da região do Bico do Papagaio visando benefícios econômicos, ambientais e otimizar os resultados.

O Programa ABC/Corte é desenvolvido pelo Embrapa em parceria com o Ruraltins e o Ministério da Agricultura, e o Integra Zebu pela parceria com a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e por meio da integração desses programas são oferecidas capacitações, assistência técnica para que os produtores possam implementar as práticas sustentáveis em suas propriedades.

Durante a abertura do evento o engenheiro agrônomo e proprietário da fazenda, Luciano Andrade, frisou que a proposta do Dia de Campo é abrir as portas para a Embrapa em forma de contrapartida dos serviços de consultoria prestados há oito anos, e para os produtores e interessados visualizarem os resultados com credibilidade, com os números apresentados. Dessa forma a fazenda está aberta para quem deseja ver de perto e saber que é possível produzir com rentabilidade, a partir da tomada de decisão administrativa e da capacidade operacional de cada um.

A proprietária Maria Marques Gouveia Vilela conta que a família veio de Minas Gerais, há 18 anos, investir no Tocantins, por acreditar no potencial da região, e comemora os desafios vencidos, com o resultado de uma propriedade produtiva e com ótimas referências. “Viemos de Minas, observamos o clima e a vegetação muito diferentes, mas por ser um lugar muito bom, somos felizes aqui. Nossa produção sempre foi de equinos e bovinos, com cria, recria e engorda. Há oito anos fazemos reforma da pastagem com a Integração, Lavoura e Pecuária [iLP), usando o milho e já usamos o arroz. Temos uma Unidade de Referência Tecnológica da Embrapa, acompanhada pelo Ruraltins que nos proporciona esse dia de campo”, detalhou Maria Marques.

A engenheira florestal do Ruraltins, Marla Guedes, responsável por essa ação, explicou que o convênio ABC firmado com o Ministério da Agricultura fomenta a capacitação técnica de extensionistas em diversas áreas. “Apresentada em Dia de Campo, a Integração, Lavoura e Pecuária e Pecuária Intensiva de Corte é uma das áreas fomentadas para proporcionar áreas produtivas com aumento do potencial, com planejamento com os produtores e o alcance dos resultados”, pontuou Marla.

Em uma das estações de palestras técnicas, o pesquisador da Embrapa, Deivison Santos, explanou sobre as características física e química dos solos da região do Bico do Papagaio e o consultor, enquanto extensionista do Ruraltins, Átila Damasceno, apresentou os resultados da safra 2021- 2022.  “Os dados da Fazenda foram bem satisfatórios, chegou a produzir 35 arrobas por hectares, no primeiro ano, é uma atividade que tem se mostrado muito sustentável, um rendimento muito favorável dentro do projeto. A Embrapa tem trabalhado muito o sistema, a unidade aqui dentro de Araguatins na Fazenda Araguaiana se tornou uma referência na região, aportada junto com o Ruraltins, os trabalhos estão bem desenvolvidos, e em nosso dia a dia ainda vão ouvir falar muito sobre o ABC corte”, frisou Átila.

O zootecnista extensionista rural do Ruraltins, Josevaldo Rodrigues Lima, que também apresentou os dados da Integração Lavoura Pecuária, ressaltou que a propriedade já é referência na região, e que é o momento de os produtores pegarem essa experiência e tentar transferir para suas propriedades.

O diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, Kin Gomides, destacou a importância da união dos produtores ao compartilhar o crescimento dos resultados em suas propriedades. “Mais uma vez estamos aqui no Dia de Campo no Integra Zebu com o ProBico, que é um grupo de organização dos produtores do Bico Papagaio, os agropecuaristas se uniram num processo de ações e tecnologias para o desenvolvimento das cadeias agropecuárias da região. Nós estamos aqui nesse modelo integrando várias instituições, a ABCZ e inúmeros parceiros na linha de fertilizantes, sementes, mostrando para o nosso produtor melhor tecnologia de ponta no sistema Integração Lavoura Pecuária Floresta, fixando carbono no campo e buscando desenvolvimento em produção de proteína de alta qualidade”, finalizou o diretor.

O encontro encerrou no final da tarde desse sábado, 27, com mesa redonda entre os produtores participantes do evento, que expressaram entusiasmo em relação ao Dia de Campo e aos conhecimentos adquiridos. Para eles, a oportunidade de trocar experiências e aprender sobre novas tecnologias é fundamental para o aprimoramento de suas atividades no campo.

Participaram ainda técnicos e produtores dos municípios de Brejo Grande, Palestina e São Raimundo, do estado do Pará, São Miguel, Palmeiras, Araguatins, Buriti, Augustinópolis, Peixe, Guaraí, Tocantínia, Presidente Kennedy, Colinas, Paraíso, Araguaína, Nova Olinda, Filadélfia e Palmas. (Amanda Oliveira)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias