- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

AUGUSTINÓPOLIS: MP denuncia ex-gerente de supermercado que desviou quase R$ 500 mil. Saiba como ele agia

Mais Lidas

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) ofereceu nesta terça-feira, 21, denúncia contra Adailton Targino da Rocha por desviar a quantia de R$ 468.370,65 do caixa de um supermercado do município de Augustinópolis. Adailton ocupava o cargo de gerente do estabelecimento comercial.

Conforme o inquérito policial, o funcionário era considerado de confiança pelo empregador e aproveitou-se disso para fazer 192 desvios de envelopes do dinheiro do caixa, no período de 12 de agosto de 2020 a 08 de maio de 2023.

O crime só foi descoberto após o proprietário do estabelecimento comercial observar que não estava obtendo o resultado projetado para o primeiro semestre de 2023 e iniciou uma auditoria.

Desvios

O crime acontecia da seguinte forma: eram realizadas “sangrias”, ou seja, retiradas de caixa. Em seguida, os valores eram colocados dentro de envelopes, separadamente, e repassados para um fiscal de caixa que anotava e fazia o controle. 

O fiscal de caixa repassava os envelopes para Adailton, que retirava de um a dois envelopes e entregava o restante, juntamente com um novo livro de anotação, ao financeiro da empresa.

Os desvios não foram notados anteriormente, pois o proprietário do supermercado confiava muito em Adailton e não realizava a conferência dos envelopes e livros repassados.

Com a descoberta dos fatos, Adailton fugiu, mas foi preso em Arapiraca-AL, após o promotor de Justiça Elizon de Sousa Medrado, responsável pelas Promotorias de Justiça de Augustinópolis, solicitar à Justiça a prisão provisória do denunciado, que aguarda ser recambiado ao Tocantins para ser processado pelo crime de furto qualificado, que é subtrair para si coisa alheia com abuso de confiança e de forma continuada. A pena varia de dois a oito anos de prisão. (Shara Alves de Oliveira)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias