- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
domingo, 14 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

AUGUSTINÓPOLIS: Visita guiada orienta as gestantes sobre como funciona o trabalho do Hospital Regional

Mais Lidas

Com o intuito de preparar as gestantes para o momento do parto, o Hospital Regional de Augustinópolis (HRAUG) realizou na quinta-feira, 24, mais uma visita guiada sobre a hora do parto. O projeto é oferecido às mães e acompanhantes das maternidades do Estado e proporciona a oportunidade das famílias conhecerem de forma antecipada o local onde será realizado o parto.

A visita guiada à maternidade serve para explicar à gestante sobre como funciona o ambiente hospitalar, os fluxos de atendimento e equipes de profissionais, mostrando às futuras mamães onde será realizado seu parto, amenizando o estresse, insegurança e ansiedade que surge durante esse período.

Para a diretora geral do HRAUG, Cristiane Uchoa, “a implementação da visita guiada ainda é um desafio tanto para a gestão, como para os profissionais da Atenção Primária à Saúde, visto que demanda tempo, organização, recursos humanos, materiais e capacitação para elaborar e implementar metodologias ativas a serem trabalhadas. O HRAUG está de portas abertas para fazer os atendimentos  seguindo os protocolos da nossa unidade baseado nas diretrizes do Sistema Único de Saúde”.

“Esse é um momento muito importante para mantê-las mais calma, pois elas conhecem a nossa unidade hospitalar, os nossos fluxos e alguns dos profissionais. O que faz com que as gestantes se sintam mais calmas quando estão cientes do que esperar e de como será todo o processo, desde a admissão na Unidade até a alta”, comentou a assistente social do HRAUG, Saelen Medeiros.

“Implementar o acolhimento de gestantes que recorrem ao HRAUG, facilita a construção de vínculo entre os profissionais de saúde. E esse é o principal propósito do projeto ‘Acolher’, que tem como objetivo principal promover visitas guiadas à maternidade pelas gestantes que estão  no 3° trimestre de gravidez”, comentou a supervisora do setor de pré-parto, Eulanda Glander Alves.

“Gostei muito sobre as dúvidas que tiramos, ainda mais sobre o que levar para o hospital, pois ficamos perdidas nessa questão do que levar e o que não levar. Achei muito interessante essa ação”, comentou Valéria Lima da Silva, de 19 anos.

“A visita que fizemos à sala de pré-parto fez com que nós tivéssemos uma noção que como vai ser quando chegar a hora do parto e foi um ponto importante ainda mais para as mamães de primeira viagem como eu e minha irmã que estamos presentes nessa visita, pois tiramos um pouco do medo e a ansiedade de como irá ser. Espero muito que esse projeto continue para assim outras gestantes também tirem suas dúvidas”, comentou a gestante Natália Lima Pereira.

Agendamento 

As visitas guiadas são realizadas nas unidades hospitalares do Estado, por meio do trabalho em conjunto com as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBS). As gestantes podem solicitar às UBSs onde fazem o pré-natal, que agendem a ida à maternidade de sua referência, para conhecerem.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias