- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 26 / maio / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ESPERANTINA: Sannorte lança dejetos de esgoto em ruas e causa transtornos a moradores

Mais Lidas

Moradores da cidade de Esperantina, no Bico do Papagaio, têm enfrentado transtornos por conta do despejo de dejetos de esgoto em vias públicas. Na última sexta-feira (10), um morador gravou um dos vazamentos na Rua Bandeirantes, próximo ao centro da cidade.

No vídeo, o morador relata o péssimo odor que incomoda moradores da região. “É um cheiro insuportável, que vem incomodando a gente há meses”, disse o morador.

As reclamações contra a Sannorte Saneamento Ambiental, empresa responsável pelo serviço de coleta e tratamento de esgoto na cidade, têm sido constantes. A empresa não se pronunciou sobre o caso até o momento.

Paralelo aos péssimos serviços prestados pela empresa, ela ainda trava na Justiça, uma disputar por aumento nas tarifas que ultrapassam os 14%.

Problemas causados pelo despejo de esgoto

O despejo de esgoto em vias públicas causa uma série de problemas, como:

  • Poluição ambiental: O esgoto é um resíduo líquido que contém uma grande variedade de contaminantes, como bactérias, vírus e protozoários. Quando despejado em vias públicas, esses contaminantes podem contaminar o solo, a água e o ar, causando danos ao meio ambiente.
  • Problemas de saúde: O esgoto pode conter microrganismos patogênicos que podem causar doenças, como diarreia, cólera, febre tifoide e hepatite A.
  • Mau cheiro: O esgoto tem um cheiro forte e desagradável, que pode causar desconforto e incômodo aos moradores.
  • Danos à infraestrutura: O esgoto pode causar danos à infraestrutura urbana, como ruas, calçadas e bueiros.

O que fazer em caso de despejo de esgoto

Em caso de despejo de esgoto em vias públicas, os moradores devem registrar uma reclamação junto à empresa responsável pelo serviço de coleta e tratamento de esgoto. Também é importante procurar a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que pode tomar as medidas cabíveis para resolver o problema.

Os moradores de Esperantina também podem entrar em contato com o Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO), que pode investigar o caso e tomar medidas para responsabilizar a empresa responsável pelo despejo de esgoto.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias