- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 24 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

MIDR e SUDAM promovem seminário sobre desenvolvimento dos Arquipélagos do Marajó-PA e Bailique-AP

Mais Lidas

Duas das regiões com pior Índice de Desenvolvimento Humano do País, os arquipélagos do Marajó, no Pará, e do Bailique, no Amapá, são tema de um seminário promovido pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, o MIDR, e a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia, a Sudam.

O evento acontece entre os dias 16 e 17 de outubro, em Belém, e busca colher informações para nortear políticas públicas e ações que vão contribuir com o desenvolvimento socioeconômico desses locais.

Entre os assuntos tratados estão cultura e turismo; infraestrutura para o desenvolvimento sustentável; regularização fundiária e fomento à produção, entre outros.

Natalia Mori, chefe da Assessoria de Participação Social e Diversidade do MIDR, falou sobre a importância do seminário.

“Esse seminário é bastante estratégico porque a gente está num momento de revisão de documentos, de ampliação, de forma de inclusão de áreas e regiões, porque a gente atua entendendo que existe desigualdades sociais, de gênero, raça e etnica, que existem as desigualdades territoriais regionais. O Ministério da Integração ao Desenvolvimento Regional tem que olhar para o nosso território e perceber essas desigualdades que acontecem. E esse seminário tem também uma estratégia de olhar para esses arquipélagos tanto do Marajó, quanto do Bailique, para que sejam incorporados como áreas prioritárias de ação, devido a todos os problemas dos baixos índices, com relação a direitos humanos, a socioeconomia, etc”.

Para mais informações, acesse mdr.gov.br. (Brasil 61)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias