- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 14 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

NAZARÉ: Idosa chega a hospital com hematomas e lesões, alega que caiu, mas familiares dizem que foi agressão do companheiro

Mais Lidas

Uma idosa de 96 anos chegou a uma unidade hospitalar de Nazaré, no Bico do Papagaio, com diversos ferimentos, principalmente no rosto. Apesar de ela dizer que teria caído em casa, as autoridades foram chamadas para apurar a situação. A suspeita é que a idosa tenha sofrido violência doméstica.

Uma pessoa da família da mulher, que não quis se identificar, afirmou que ela é agredida pelo companheiro e que há denúncias sobre o caso. No último domingo (26), a idosa foi levada para o hospital com o rosto todo roxo e com muitos hematomas. Quando a PM chegou, recebeu a informação que alguém da família teria causado os ferimentos. Mas ao conversar com a mulher, ela disse que caiu dentro de casa depois de passar mal.

Ela recebeu medicação no hospital municipal e depois foi transferida para o Hospital Regional de Augustinópolis para passar por exames. A Secretaria de Estado da Saúde (SES), disse que ela recebeu todos os atendimentos necessários e foi liberada.

Os familiares da idosa disseram que essa não foi a primeira vez que ela apareceu machucada e que tinham medo de denunciar o caso. Como a idosa mora somente com o companheiro, eles ficam sabendo somente por vizinhos das supostas agressões. Uma delas teria acontecido no fim do ano passado.

Atendimento social

Questionada sobre o caso da idosa, a Prefeitura de Nazaré informou que ela mora no Povoado Raiz, que faz parte do município de Tocantinópolis. Mas como ela foi levada para a Unidade de Saúde de Nazaré com o esposo e um sobrinho, a equipe de assistência social da saúde da cidade fez uma diligência no local e repassará os fatos e as informações colhidas ao serviço de assistência social de Tocantinópolis.

A Polícia Civil informou que a situação envolvendo a idosa e a família já é conhecida e acompanhada pela 19ª Delegacia de Nazaré. Também destacou que tem conhecimento de recorrentes casos de desentendimentos dentro dessa família e ressaltou que já adotou as providências cabíveis.

Como denunciar

Em caso de agressões a idosos ou violência doméstica, a vítima ou pessoas próximas podem acionar o Disque 100 e denunciar.

A Polícia Militar ressaltou que quando é acionada para esse tipo de ocorrência, orienta os familiares para que o caso seja registrado na Polícia Civil, que seguirá com as investigações.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias