- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sábado, 02 / dezembro / 2023

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

Saúde do Tocantins bate recordes de cirurgias eletivas para mulheres, em março

Mais Lidas

No mês em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) promoveu forças-tarefas em todas as unidades hospitalares geridas e conveniadas com a Pasta, com foco principal no público feminino. Foram centenas de cirurgias, exames e consultas eletivas, com o intuito de reduzir o tempo de espera das pacientes e dar resolutividade aos problemas de saúde de quem aguardava na fila da Central Estadual de Regulação (CER).

Dados do sistema de controle de fila de espera para realização de procedimentos cirúrgicos eletivos (SIGLE), do Sistema Único de Saúde (SUS) do Tocantins (atualizados dia 31/03), apontam que só na especialidade de ginecologia, foram 343 mulheres atendidas. “Desde o início da gestão, o governador Wanderlei Barbosa nos determinou a intensificação dos atendimentos eletivos e dentro desta política, temos, graças ao envolvimento das nossas equipes, conseguido recordes de procedimentos. Neste mês de março focamos no bem-estar das mulheres e realizamos 23% a mais de procedimentos ginecológicos, do que o já realizado por nossas equipes que haviam tido o recorde de 277, em fevereiro de 2023”, afirmou o titular da SES-TO, Afonso Piva de Santana.

“Este número é específico de ginecologia, mas este total é praticamente duplicado, se levarmos em consideração os outros tipos de procedimentos, como ortopedia, oncologia, cirurgias gerais e demais especialidades”, acrescentou o gestor.

Uma das muitas mulheres acolhidas com procedimento ginecológico, foi Maria Jarisete,  moradora de Sandolândia,  que realizou procedimento no Hospital Regional de Alvorada  e contou como foi: “há muito tempo esperava um perioneoplastia e graças à Deus fui chamada e muito bem acolhida no Hospital de Alvorada. Só tenho a agradeço a todos que cuidaram de mim e já estou em casa me recuperando muito bem”.

Quem também tem relato positivo é Samara Barros, moradora de Araguaína, que há dois anos esperava por uma laqueadura e teve sua cirurgia feita no Hospital Regional de Arapoema, neste mês. “Estava há dois anos esperando, quando me ligaram eu fiquei muito feliz e fui para Arapoema. Fui muito bem acolhida no hospital, fiz minha cirurgia, ocorreu tudo bem e já estou voltando para minha rotina. Sou muito grata ao Governo do Tocantins que tem agilizado os atendimentos e resolvendo a vida de centenas de mulheres como eu”, afirmou.

Sobre os demais procedimentos, a paciente Maria Orizone Barbosa, moradora de Araguaçú se livrou de pedras na vesícula, no Hospital Regional de Alvorada. “Sou muito grata pelo acolhimento que me fez sentir como se estivesse em casa. Mais ainda, pelo fato de conseguir minha cirurgia e finalmente me livrar as dores que sentia, em decorrência do problema na vesícula. Só peço que Deus abençoe todas pessoas que trabalharam para que eu fosse atendida”, disse. (Aldenes Lima)

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -

Últimas Notícias