Connect with us

Bastidores

ARAGUAÍNA: Repasse de R$ 8 milhões, destinado pelos senadores Irajá e Kátia Abreu, será investido no custeio de serviços da Saúde

Publicado

em

Araguaína recebeu nesta quinta-feira, 25, a primeira parcela do repasse de R$ 8 milhões do Ministério da Saúde, destinados ao Município pelos senadores Irajá e Kátia Abreu para ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

Metade do recurso corresponde a emenda de bancada e tem o objetivo de custear serviços de atenção básica em saúde. Os outros R$ 4 milhões correspondem ao orçamento previsto para a Ação 21CO, referente ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus.

Os recursos investidos na atenção básica serão revertidos em atendimentos para triagem e identificação precoce dos casos. Já a Ação 21CO contempla serviços de média e alta complexidade, aquisição de equipamentos, realização de pesquisas, contratação de serviços de saúde, contratação temporária de pessoal, divulgação de informações à população, bem como outras despesas necessárias para o enfrentamento do coronavírus.

Balanço dos recursos
Todas as informações sobre os valores destinados ao município para ações de combate à covid-19 são públicas e podem ser encontrados em uma aba especial do Portal da Transparência, no site da Prefeitura de Araguaína. Até esta quinta-feira, 25, foram pagos R$ 4.690.141,70 em diversas áreas.

Entre os investimentos estão aquisição de cestas básicas, equipamentos de proteção individual, testes rápidos, serviços de saúde especializados, bonificação dos profissionais e diárias de servidores da linha de frente. Com recurso também é realizada a manutenção das unidades que fazem atendimento de pacientes com sintomas gripais e a desinfecção de locais públicos. (Mara Santos/Foto: Marcos Sandes)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias

Publicado

em

Sede do TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou hoje (3) que todos os prazos previstos no calendário eleitoral para o mês de julho serão prorrogados em 42 dias. A medida foi feita para adequar as datas com as mudanças provocadas pela aprovação da emenda constitucional que adiou as eleições municipais para novembro em função da pandemia da covid-19. 

Os 36 prazos que foram postergados para agosto envolvem restrições que impedem agentes públicos de fazerem contratações, aumentar despesas públicas, inaugurar obras, além das datas para o eleitor com deficiência pedir atendimento especial e para as convenções partidárias dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores. 

Em agosto, após o fim do recesso no Judiciário, novas alterações nos prazos dos meses seguintes do calendário eleitoral serão divulgadas pelo TSE. 

Ontem (2), o Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional 107, que adia as eleições municipais de outubro para novembro deste ano. Dessa forma, os dois turnos eleitorais, inicialmente previstos para os dias 4 e 25 de outubro, serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro. O adiamento contou com o aval do TSE. 

Continue lendo

Bastidores

Luana Ribeiro destaca importância da campanha Julho Verde

Publicado

em

O mês de julho é dedicado às campanhas de prevenção ao câncer de cabeça e pescoço, com intuito de conscientizar a população sobre a importância de ficar atento aos sinais de alerta sobre a doença. No Tocantins, a campanha intitulada Julho Verde foi instituída no calendário oficial do Estado através da Lei número 3.634, de janeiro de 2020, fruto de projeto de Lei da deputada estadual Luana Ribeiro. 

A parlamentar ressalta a importância de um mês dedicado à temática para a conscientização da população tocantinense. “Precisamos nos manter alertas para os possíveis sinais da doença, por isso a necessidade de um mês com atividades informativas sobre os riscos, danos e formas de prevenção desses cânceres”, enfatizou.

A fisioterapeuta Talita Brunes, que é lotada no serviço de Cabeça e Pescoço do HGP, explica que neste ano, devido ao distanciamento social, a campanha será online. “Devido a pandemia do coronavírus, a programação 2020 do Julho Verde será realizada de forma virtual e o dia D será dia 27, no Hospital Regional de Palmas, apenas com os pacientes, o objetivo é promover a conscientização desses pacientes”, afirmou. 

Câncer de Cabeça e Pescoço

O câncer de cabeça e pescoço engloba tumores que podem acometer diversas áreas, como orofaringe, cavidade oral e nasal, glândulas salivares, laringe e outros. Para informar a população sobre a doença, anualmente, no dia 27 de julho, é celebrado o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. 

Prevenção

Alguns cuidados no cotidiano podem contribuir para a prevenção da enfermidade, como escovar bem os dentes e manter acompanhamento com dentista, não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, manter uma dieta equilibrada e ter cuidados com a exposição solar. 

Com a instituição do Julho Verde no Tocantins, as atividades preventivas no estado foram ampliadas e acontecem durante todo o mês de julho. (Vitória Soares)

Continue lendo

Bastidores

Kátia quer prorrogar isenção de conta de energia para baixa renda

Publicado

em

A senadora Kátia Abreu (PP-TO) protocolou nesta sexta-feira (03), no Senado, projeto de lei que prorroga a isenção do pagamento de contas de energia para pessoas de baixa renda. Esses brasileiros, que são beneficiários da tarifa social, estavam isentos de pagar a conta de energia em razão de uma Medida Provisória publicada pelo governo federal em abril. Entretanto, a medida tinha validade por apenas três meses, vencendo no final de junho.

“Meu projeto de lei prevê a prorrogação da isenção até 31 de dezembro de 2020. Os beneficiários da tarifa são inscritos no CadUnico, com renda familiar mensal per capita igual ou menor a meio salário mínimo, ou que tenham entre seus moradores quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Atualmente temos 9 milhões de famílias (residências) beneficiadas com esse programa”, explica a senadora.

O projeto apresentado pela parlamentar do Tocantins prevê que, entre 1 de abril e 31 de dezembro, terá desconto de 100% quem tiver o consumo de energia elétrica inferior ou igual a 220 kwh/mês (como já era previsto na MP 950/2020) para quem já está enquadrado na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE).

Kátia Abreu justifica que a pandemia do novo coronavírus terá impactos imensuráveis na economia, e que é função dos agentes públicos defender principalmente os brasileiros mais necessitados. O Instituto de Economia Brasileira (IBRE/FGV) aponta que o 2º trimestre de 2020 será o pior da história econômica do País com o PIB caindo 11,5% na comparação com o ano passado e 9,8% em relação ao primeiro trimestre de 2020. A recuperação ao longo dos trimestres seguintes deverá ser lenta e gradual, o que levará uma recessão inédita em 2020 de 6,5% nas atuais estimativas, o que gera aumento de desemprego e queda de renda da população.

Continue lendo
publicidade