- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 15 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

ARAGUATINS: Egressa do IFTO é aprovada em quatro mestrados

Mais Lidas

Com apenas 14 anos, Lawrência Maria Conceição saiu do povoado Vila Santana, município de São Domingos do Araguaia, na região de Carajás, Pará, para Araguatins, no Bico do Papagaio, com intuito de ingressar no curso técnico em Agropecuária integrado ao ensino médio, na unidade de Araguatins do IFTO, em 2014. Ao concluir o curso técnico foi aprovada em seu primeiro vestibular para o curso de Engenharia Agronômica, também na unidade de Araguatins em 2017.

Ainda adolescente, já projetava o seu futuro. Sua dedicação aos estudos sempre fez dela uma estudante em destaque, prova disso é que foi aprovada com nota máxima em seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A desejada nota 10 (dez), com um período de antecedência para finalizar o curso de Engenharia Agronômica, veio acompanhada de sucessivas aprovações em programas de mestrado, em diferentes cidades do Brasil. Foram um total de 4 (quatro), nas universidades: Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP); Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA); Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).


Durante sua trajetória como acadêmica, Lawrencia não se limitou às atividades de ensino, mas foi atuante em ações de pesquisa e extensão. “Participei de projetos de pesquisa, extensão, monitoria e ainda realizei meu estágio na EMBRAPA Cerrados – Brasília. Agradeço a professora Roberta de Freitas, do IFTO, por ter mediado o estágio, foi de suma importância para minha carreira acadêmica e profissional”, declarou a egressa.

Lawrência destaca que a unidade de Araguatins do IFTO conta com um corpo docente qualificado que possibilitou a ela um ensino de qualidade do curso técnico ao superior, “o IFTO possui ótimos professores que sempre incentivam seus estudantes a correrem atrás dos seus sonhos e os auxiliam. Tanto que o professor Leonardo Correia da Silva, meu orientador do TCC e de Iniciação Científica, ao saber que fui contemplada na UFV com bolsa, fez chamada de vídeo para comemorar comigo”, conta Lawrência.

Quando questionada sobre uma dica ou orientação que daria aos que desejam seguir carreira acadêmica e visam à aprovação em um programa de mestrado, Lawrência afirma que não há segredo, mas sim esforço, muito estudo e determinação, “mesmo quando tudo parecer impossível, todo o esforço sempre é recompensado, todo esforço e dedicação são válidos”, finaliza.

Histórias como a de Lawrência evidenciam a verticalização do ensino no IFTO, estudantes que ingressam no ensino técnico integrado têm a possibilidade de continuar seu processo formativo na instituição, em um curso de graduação. Além disso, a formação que recebem garante uma base para aprovação em programas de mestrado. 

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias