Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Equipe do TJ auxilia Comarca para agilizar processos

Publicado

em

Sem títuloO Núcleo de Apoio às Comarcas (NACOM), criado pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ) do Tocantins, tem apresentado resultados animadores no auxílio às Comarcas onde há acúmulo de processos para sentença, decisão ou despacho; na orientação de servidores para procedimentos de gestão cartorária; na organização moderna das escrivanias com layout funcional; e, ainda, na padronização de rotinas e procedimentos com a adoção de atos ordinatórios.

Na semana passada a equipe esteve na Comarca de Augustinópolis atuando nas marcações e intimações de audiências, despachos, ofícios, juntadas, arquivamento, mandados, conclusões, remessas à União, Fazenda Pública Estadual e Defensoria Pública, sentenças, cartas precatórias e certidões diversas. A solicitação dos trabalhos do NACOM foi do juiz, Jefferson David Asevedo Ramos, e a equipe composta pelas servidoras Eloíza Bezerra Curcino, Eugenia Paula Meireles Machado, Luciran de Lima e Marcela Batista Botelho auxiliaram as duas varas cíveis e a vara criminal no período de 03 a 07 de junho.

Números significativos

Ao finalizar os trabalhos o balanço apontava 395 atos realizados na 1ª Vara Cível, 516 na 2ª Vara Cível e 570 no Cartório Criminal, números considerados de grande importância pelo juiz Jefferson Asevedo Ramos. “Para outubro estamos programando um mutirão de audiências na Comarca no intuito de dar maior celeridade na prestação jurisdicional, e a presteza nos trabalhos cartorários por parte da equipe do NACOM vai gerar melhores resultados nesse nosso trabalho”, informou o magistrado.

Trabalho continuado

A Comarca de Augustinópolis foi a primeira a receber uma ação efetiva in loco do NACOM, no período de 8 a 12 de abril passado, auxiliando em gestão cartorária e prática de atos processuais. Naquela oportunidade foram praticados 6.093 atos cartorários, desde a atualização dos processos no sistema SPROC, à expedição de mandados, ofícios, certidões, remessas e conclusões de autos. Lá, o NACOM desenvolveu outra tarefa de suma importância que consiste em reorganizar as escrivanias com layout funcional que facilite a localização e manipulação dos processos físicos, dando maior agilidade e segurança às atividades dos servidores. (ASCOM/TJ-Melck Aquino)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Sindicato da Educação convoca servidores para ato por conta de salários atrasados

Publicado

em

O Sindicato dos Servidores da Educação de Araguatins (SINSEA) convocou manifestação na frente da Prefeitura Municipal, para a próxima segunda, dia 25, às 7h30. O motivo, é o salário do mês de dezembro de 2020 e parte do 13ª, não pagos pela gestão anterior, do prefeito Cláudio Santana (MDB).

Os educadores cobram uma posição do atual prefeito Aquiles da Areia (PP), sobre os pagamentos.

O grupo pretende ser recebido pelo atual gestor e entregar um oficio com reivindicações.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Medicina Veterinária no IFTO deve começar em 2022

Publicado

em

O processo de implantação do curso de medicina veterinária do Campus Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), teve mais um avanço, nesta quinta-feira, 21, foi aprovado no Conselho Superior (Consup) do IFTO o Projeto Pedagógico do Curso (PPC).

De acordo com o diretor-geral do Campus Araguatins, Josafá Carvalho de  Aguiar, o foco agora será a captação de recursos que serão destinados à construção da infraestrutura necessária para implantação do curso e aquisição de equipamentos. Seu funcionamento exige a construção dos blocos que farão parte de uma clínica veterinária. O projeto da clínica apresenta sua divisão em dois blocos, orçados no valor de 2 milhões de reais.

A previsão é que o primeiro vestibular para o curso de medicina veterinária seja realizado até 2022 e sejam oferecidas 45 vagas. O ingresso será por meio de vestibular e Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 

Continue lendo

Bico do Papagaio

Sistema Penal do Bico participa de campanha de combate à Covid-19

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 22, será o Dia D de combate à Covid-19 no Sistema Penal do Bico do Papagaio, com suas principais unidades em Araguatins, Tocantinópolis e Augustinópolis, bem como as demais do restante do Tocantins. Esta é uma ação da campanha A pandemia ainda não acabou, o cuidado continua, desenvolvida pela Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), que tem a finalidade de continuar estimulando servidores, comunidade carcerária e visitantes a permanecerem tomando todas as medidas de prevenção a contaminação e proliferação da Covid-19.

O superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Seciju, Orleanes de Sousa Alves, explica a logística da campanha criada pelo Sistema Penal. “Ela consiste em ações educativas, de prevenção e de higienização, baseada no Plano de Contenção à Covid-19 do Sistema Penal do Tocantins que possui 12 eixos de atuação. A luta contra a proliferação do novo Coronavírus continua até que chegue a vacina e todos estejam imunizados”, ressalta.

A gerente de Assistência à Saúde ao Preso e Egresso, Marluce de Oliveira, destaca que foram criadas várias ações de conscientização em torno da necessidade de continuar tomando todos os cuidados individuais necessários para preservação da saúde e não infecção pelo novo Coronavírus, como uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento e triagem na entrada das unidades.

“No que tange aos cuidados coletivos, nesta data as 33 unidades penais desenvolverão atividades como higienização, sanitização, lavagem, roçagem e entrega de uniformes e kits de proteção individual as pessoas privadas de liberdade, com a finalidade de manter a saúde de quem adentra as unidades penais, e, principalmente, da comunidade carcerária”, explica Marluce de Oliveira.

Continue lendo
publicidade Bronze