Connect with us

Bico do Papagaio

CARRASCO BONITO: Famílias ligadas ao MST persistem no Acampamento Padre Josimo

Publicado

em

“Tinha cama, prateleira, fogão, berço, carrinho de bebê, cadeiras, rede e roupa, arroz. Foi triste ver as nossas coisas queimadas, ficar sem nada”. Olhando as cinzas do barraco em que vivia com seus seis filhos, o mais velho com 21 anos e a mais nova com nove meses, a lavradora Evane Sousa Silva, 33 anos, fala da tristeza em perder o pouco que tinha em um incêndio. Ela e outras 80 famílias resistem na luta por terra no acampamento Padre Josimo, em Carrasco Bonito, a 647 Km de Palmas, na região do Bico do Papagaio. As causas desse incêndio, ocorrido em 14 de agosto, ainda estão sob investigação.

Com um modo de vida comunitário, os lavradores reconstruíram as moradias em mutirão, onde uns ajudam com mão-de-obra. A madeira e palha, por exemplo, são coletadas na área do acampamento. Após o incêndio, os acampados se uniram para ajudar todos da comunidade, e após morar alguns dias com outra família, Evane recebeu um novo barraco, além de comida, utensílios de casa, colchão e roupas.

“Ainda tenho uma esperançinha, porque ainda estou aqui dentro. Eu queria a terra para os meus os filhos, para eles trabalharem. Eu não tenho estudo, meus filhos também não. Por isso acho que eles vão ter um futuro melhor na roça”, disse a lavradora que, assim como os demais acampados, é Assistida pela Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO).

O incêndio no acampamento não deixou vítimas fatais, mas destruiu muitos barracos. Algumas famílias perderam todos os seus pertences, além de uma grande quantidade de alimentos, já que seis alqueires plantados também foram atingidos pelas chamas.

Atendimentos 

Medidas importantes estão sendo tomadas pela DPE no Acampamento. A comunidade está sendo acompanhada pelo Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas (NUAmac) de Araguaína e pelo Núcleo da Defensoria Pública Agrária (DPAgra). Os acampados tiveram atendimento jurídico da DPE na época do incêndio e, mais recentemente, no último dia 26.

Os acampados falaram de dificuldades para registrar boletim de ocorrência na localidade e solicitaram a atuação da DPE-TO para resolver esse problema. As famílias foram orientadas sobre como proceder em situações similares buscando o apoio dos Núcleos Especializados da DPE no registro de ocorrências em situações de dano coletivo.

Também foi informado aos Assistidos que existe no Ministério Público Federal (MPF) um pedido de informações acerca da área junto Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), resultado de uma reunião conjunta realizada com a parceria interinstitucional da Defensoria Pública e MPF.

O acampamento

Segundo o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o acampamento Padre Josimo está situado em um assentamento do Incra, criado na década de 90, em uma região de forte disputa.

Os trabalhadores rurais relatam que o Incra destinou cerca de cinco mil hectares, contudo, no cartório só consta a desapropriação de pouco mais de dois mil hectares. A área restante não possui título de domínio e está sendo tomada por posseiros. (Keliane Vale, com informações do MST)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Com baixa vacinação, Saúde diz que falta adesão da população

Publicado

em

Sobre a baixa porcentagem de imunização da população contra Covid-19, no município de Araguatins, estando entre os oito piores do Tocantins, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, disponíveis no vacinômetro que pode ser acesso AQUI, a Secretaria Municipal de Saúde, disse nesta quarta-feira, 1º, que realiza rotineiramente campanhas de conscientização, com vacinação em massa, mídias sociais, carros de som, participação em rádios e busca ativas com intuito de que a população esteja imunizada contra a Covid-19.

A Secretaria de Saúde disse que o município conta com 32.550 doses aplicadas, dessas, 19.169 é referente a primeira dose e 12.478 de vacinados já com a segunda dose e dose única, constando ainda 903 individuo com a dose de reforço. Os dados são da plataforma https://localizasus.saude.gov.br/ atualizado até o último dia 24/11 que no momento encontra se em manutenção. A Secretaria ressaltou que os dados são alimentados diariamente direto ao Sistema SI-PNI do Ministério da Saúde, podendo haver delongamento na Plataforma Estadual.

O órgão municipal também lamentou a falta de adesão da população na imunização da Covid-19, e acredita que questões como Fake News, por causa ideologias políticas e/ou religiosas, tem atrapalhado.

Continue lendo

Bico do Papagaio

PRAIA NORTE: Cadáver é encontrado boiando no Rio Tocantins nas proximidades do povoado Camarão

Publicado

em

O corpo de um homem de 26 anos, foi localizado por pescadores no Rio Tocantins, próximo ao povoado Camarão, no município de Praia Norte, no Bico do Papagaio, nesta terça, 29. Moradores acionaram a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM), dando conta do fato, por volta das 17h30.

O corpo já estava em estado de decomposição.

Os pescadores que encontraram o cadáver, amarraram o mesmo e o arrastaram até às margens do rio, lado do Tocantins.

A Polícia Científica e o Instituto Médico Legal (IML), foram acionados para remanejamento do corpo para as devidas providências.

As primeiras informações são que o corpo seja de um dos assaltantes que tombaram em confronto com as Polícias Civil e Militar na última quarta-feira, 24 de novembro, no povoado de Bela Vista, em São Miguel, também no Bico do Papagaio, após os criminosos atirarem nos policiais que realizam a operação no intuito de prender os autores acusados de crimes de roubo e furto.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ESPERANTINA: Promoções, comidas regionais e shows culturais marcam programação da Feira do Empreendedor

Publicado

em

A cidade de Esperantina, no Bico do Papagaio, é considerada o portal da região conhecida como Bico do Papagaio e no último final de semana, 26 e 27, recebeu a Feira do Empreendedor. O objetivo é fomentar o empreendedorismo e estimular a competitividade dos empresários do município, com foco na micro e pequena empresa. Além disso, a ação proporcionou um ambiente de negócios, em que os empreendedores pudessem expor produtos e identificar oportunidades.

Participaram 14 microempreendedores que ao serem desafiados, desenvolveram produtos baseando-se nas potencialidades locais. “Reinventaram a maneira de apresentar os produtos que já comercializavam e se empenharam em fortalecer métodos de atendimento com qualidade para fidelizar novos clientes e gerar negócios. Fomos surpreendidos com a criatividade deles ao utilizarem recursos simples, mas com muita riqueza de detalhes e adequação a proposta que fizemos a eles”, afirmou a diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro.

A ação foi realizada pelo Sebrae Tocantins e ofereceu capacitações, como boas práticas no manuseio de alimentos e excelência em atendimento. Segundo a analista do Sebrae, Juliana Massom, responsável pela preparação dos empresários e organização, o evento buscou “despertar do comportamento empreendedor dos participantes, a geração de renda e estímulo a competitividade”.


Para a coordenadora do departamento de eventos do município de Esperantina, Suene Oliveira, a feira era muito esperada pelos empresários e moradores, com excelente movimentação da economia local. “Nós da organização, vimos muita alegria e empolgação nos feirantes, que resultou em geração de renda e descoberta de novas maneiras de empreenderem e apresentarem seus produtos”, pontuou.

O gerente do Sebrae em Araguatins, André Naves, informou que a Feira de Esperantina faz parte do Programa Cidade Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae e que conta com a adesão do município. “São ferramentas de negócios que, além de criarem um ambiente de aprendizagem e desenvolvimento humano e empresarial, contribuem para um verdadeiro ambiente de transformação. O público contou com promoções, exposição e venda de comidas regionais e shows culturais”, enfatizou. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze