Connect with us

Bastidores

CNI-Ibope: 41% dos brasileiros confiam no presidente Jair Bolsonaro, mesma parcela que aprova sua maneira de governar

Publicado

em

Em seu último levantamento de 2019, apresentado nesta sexta-feira (20), a pesquisa CNI-Ibope revela que a parcela da população que aprova a maneira de governar do presidente Jair Bolsonaro é de 41%, enquanto aqueles que desaprovam é de 53%. O índice de confiança no presidente também é de 41% dos brasileiros e os que afirmam não confiar nele é de 56%.

Outra pesquisa, denominada Sondagem Especial: Avaliação do Governo pelo Empresário Industrial, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada em 11 de dezembro, mostrou que, entre os empresários industriais, a avaliação do governo é mais positiva: 65% dos entrevistados disseram confiar no presidente Bolsonaro e 64% disseram aprovar sua maneira de governar.

A pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta sexta-feira (20), mostra também que 29% da população considera o governo de Jair Bolsonaro ótimo ou bom. Este índice é aproximadamente a metade da avaliação feita pelos industriais brasileiros, entre os quais, 60% consideram o governo ótimo ou bom.

“A diferença na avaliação do governo entre empresários e a população em geral pode ser explicada pela diferença na percepção das condições econômicas. Os empresários já percebem a retomada do crescimento (inflação e juros baixos, consumo voltando a crescer), enquanto a população ainda vê o país com alto desemprego e renda baixa”, analisa Renato da Fonseca, gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI.

Para o economista, a população, sobretudo as famílias com renda mais baixa continuam com dificuldade de recuperar a capacidade de consumo. Por isso, não percebem que a economia está voltando a crescer. À medida que a recuperação ganhar força, provavelmente em meados de 2020, o emprego passará a crescer mais rápido e a população começará a perceber com mais clareza a melhoria na economia.

CONTRASTES – Ainda de acordo com a pesquisa CNI-Ibope, 31% dos brasileiros consideram a atual administração regular, enquanto 38% a avaliam como ruim ou péssima. Em contraste, a Sondagem Especial com empresários mostra que 26% dos industriais acham que o governo é regular, enquanto 7% avaliam a atual administração como ruim ou péssima.

Na indústria da construção, 69% confiam em Jair Bolsonaro e 69% aprovam a maneira de governar do presidente. Na indústria de transformação, 67% confiam no presidente e 65% aprovam sua maneira de governar. Na indústria extrativa, 62% confiam no presidente e 59% aprovam sua maneira de governar.

Em relação às perspectivas da população quanto ao restante do governo, a CNI-Ibope mostra que as avaliações positivas e negativas da população convergem dentro da margem de erro. Segundo a pesquisa, 34% consideram que os próximos anos de mandato serão ótimos ou bons, enquanto para 32% serão ruins ou péssimos. Para 28% dos ouvidos, os próximos três anos serão regulares.

ÁREAS DE GOVERNO – A segurança pública segue como a área de governo mais bem avaliada pela população, sendo aprovada por 50% dos brasileiros – a taxa de desaprovação é de 47%. Em seguida, aparece a área de educação, aprovada por 45% dos brasileiros. No terceiro lugar, o combate ao desemprego conta com 41% de aprovação entre a população, um aumento de 5 pontos percentuais em relação à pesquisa de setembro.

A CNI-Ibope ouviu 2 mil pessoas em 127 municípios, entre 5 e 8 de dezembro. A Sondagem Especial: Avaliação do Governo pelo Empresário Industrial, por sua vez, entrevistou 1.914 empresários de todo país entre os dias 2 e 10 deste mês. Em ambas, a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e, a confiança, de 95%.

PERCEPÇÕES DA POPULAÇÃO – Recentemente, o Ibope fez também uma pesquisa para aferir as  expectativas da população com relação à economia brasileira para 2020 e a avaliação sobre projetos e ações de iniciativa do governo de Jair Bolsonaro. De acordo com essa pesquisa, que entrevistou 2 mil pessoas em 127 municípios e foi divulgada em 11 de dezembro, quase metade (49%) da  população acredita que a situação econômica do país vai melhorar no próximo ano. Outros 24% dizem que ficará igual e 24% afirmam que a situação vai piorar.

O levantamento revela também que a população apoia as reformas estruturais e medidas do atual governo nas áreas econômica e social. Alguns exemplos: 88% apoiam a liberação de recursos do FGTS para trabalhadores e também a criação da “carteirinha de estudante digital”; 78% apoiam a manutenção da inflação dentro da meta; 76% apoiam a liberação de 13º salário para beneficiários do Bolsa Família e a abertura de agências bancárias aos sábados; 62% apoiam o pacote anticrime enviado pelo governo ao Congresso Nacional e a Lei da Liberdade Econômica; 57% apoiam as privatições e as concessões de serviços públicos à iniciativa privada.

Na avaliação dos brasileiros, o desemprego, com 30% das citações, a segurança pública e a violência, com 24% das menções, e a saúde, também com 24% das respostas, lideram a lista dos problemas que “vão melhorar em 2020”. Em quarto lugar, com 23% das citações, vem a educação, e, em quinto, com 16% das respostas, a corrupção.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Tiago Dimas apresenta demanda à Damares Alves e João Roma

Publicado

em

O deputado federal Tiago Dimas (Solidariedade-TO) e o vice-prefeito de Araguaína, Marcus Marcelo (PL), em reuniões nesta terça-feira, 21 de setembro, com a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e com o ministro da Cidadania, João Roma, pediram apoio do governo federal para a construção de uma unidade feminina da Comunidade Terapêutica Vida Nova, em Araguaína. O deputado e o vice-prefeito – que representava o prefeito Wagner Rodrigues (Solidariedade) – estavam acompanhados dos diretores-fundadores da Comunidade – o pastor Wagner Enoque e o professor Amado Batista.

À ministra Damares, que foi recebida no próprio gabinete do deputado federal na Câmara, Tiago Dimas detalhou a importância de Araguaína para o Estado e mostrou como trabalha a Comunidade Vida Nova. Hoje, a instituição atende cerca de 40 pessoas com trabalho terapêutico de recuperação do vício das drogas. O único repasse público vem por meio da prefeitura do município. “Essa entidade foi instalada em uma área que estava abandonada. O trabalho social que faz é de amplo sucesso”, explicou Tiago Dimas. Com documentos e um relatório, a instituição reforçou os argumentos, mostrando o bom trabalho realizado.


O projeto da unidade feminina já está pronto: foram feitos os estudos técnicos, o mapeamento, a projeção e até projeto de engenharia. O valor necessário é de quase R$ 2 milhões. Além disso, a comunidade terapêutica possui uma área de 215 mil metros quadrados, com espaço suficiente para a construção da unidade feminina e separada da masculina. “Já está bastante avançado. Havendo a disponibilidade dos recursos, a proposta pode ser cadastrada amanhã mesmo”, explicou Tiago Dimas, ao elogiar todo o levantamento técnico do projeto.

Os mesmos argumentos também foram passados para o ministro da Cidadania, João Roma, em reunião na sede da pasta. Embora tenham destacado as dificuldades orçamentárias, ambos os ministros elogiaram a iniciativa e o projeto. Os dois disseram que o atendimento às mulheres com necessidade de recuperação é uma prioridade do governo e, por isso, o projeto deve ser apoiado. João Roma, inclusive, sinalizou com um apoio financeiro parcial para a obra e pediu para que o deputado o procurasse após o fechamento total do Orçamento – daqui a cerca de 30 dias.

“Estamos empenhados, eu e o prefeito Wagner Rodrigues, em ampliar o tratamento de dependentes químicos em Araguaína. Esse é um projeto que deu muito certo e precisa ser ampliado. Araguaína é uma grande cidade e essa instituição atende inclusive pessoas de outras cidades. Nós só temos a agradecer ao deputado Tiago Dimas pelas duas agendas com os ministros aqui em Brasília. Tenho certeza que os ministros se deram conta do excelente trabalho realizado pela Vida Nova e nós vamos conseguir o apoio para implantar a unidade feminina”, destacou Marcus Marcelo.

Wagner Enoque elogiou a parceria da gestão municipal e o empenho de Tiago Dimas. “Tivemos dois encontros muito proveitosos com os dois ministros. Vamos seguir trabalhando para que a unidade feminina possa ser implantada em Araguaína e agradeço ao deputado pela agenda, bem como ao prefeito Wagner e ao vice Marcus Marcelo por nos apoiar. Nós precisamos muito disso e creio que convencemos o governo federal da importância de termos essa unidade”, frisou o diretor-fundador da instituição.

Comitiva pede agilidade em liberação de repasses de custeio

Além da busca de apoio para a unidade feminina, a Comunidade Vida Nova, o deputado e o vice-prefeito cobraram agilidade no repasse de recursos de custeio do Ministério da Cidadania. Selecionada em edital público da pasta, a entidade ficou na posição 139ª no certame. Todos os selecionados têm direito a receber quase R$ 1,2 mil mensais por cada pessoa atendida. Na reunião com João Roma, a comitiva tocantinense questionou quando que o contrato será assinado para que o dinheiro comece a chegar à entidade.

Segundo o ministro e a sua equipe, pelo calendário de execução desses repasses, a Vida Nova deve começar a receber os recursos ainda este ano. Com 40 assistidos, a entidade receberá pouco mais de R$ 45 mil por mês.

Respaldo do governo para projeto que favorece autistas

Nos dois encontros, Tiago Dimas pediu que o governo respalde o projeto 1712/2019, de autoria do deputado, que favorece os autistas de todo o país. Já aprovado por unanimidade na Câmara, a proposta tramita na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Na prática, o projeto obriga os governos (em todas as esferas) a apoiar políticas públicas efetivas que ajudem os autistas.

O projeto foi inspirado na clínica-escola Mundo Autista, de Araguaína. Instituição modelo, ela une todos os cuidados de saúde e psicológicos necessários para as crianças do espectro autistas, aliada à educação. “Infelizmente, o Brasil tem só umas quatro clínicas-escolas como a de vocês em Araguaína. Precisamos muito mais em todo o Brasil”, frisou Damares, ao garantir que apoia, sim, o projeto.

Continue lendo

Bastidores

Gomes e Dulce… troca de “afagos”

Publicado

em

Eles fizeram questão de jogar nas redes sociais. mandando claro recado para a base emedebista, mas também para o restante das lideranças espalhadas pelo estados, mostrando que em política, tudo pode acontecer e o bom é esperar.

Eduardo Gomes e Dulce Miranda, senador e deputada, respectivamente, pelo Tocantins, posaram sorridentes para fotos e registros e lógico, trocaram paparicos diplomáticos, como quem manda o comunicado, para que os bons entendedores, entendam.

Dulce chamou Gomes de “grande líder”, e fez questão de enfatizar que o senador estaria desempenhando um excelente papel nos cargos que exerce.

Nos bastidores, os líderes relevantes do estados, garantem, que Gomes tem impulsionou o desejo de se viabilizar como candidato a governador, com ou sem apoio do Palácio Araguaia.

Continue lendo

Bastidores

Júnior Geo e Elenil da Penha sinalizam apoio à pré-candidatura de Osires Damaso

Publicado

em

Na noite dessa segunda-feira, 20, durante a realização do 1° Seminário de Formação Política da Juventude do Partido Social Cristão (PSC) do Tocantins, em Araguaína, os deputados estaduais Júnior Geo (PROS) e Elenil da Pena (MDB) sinalizaram apoio à pré-candidatura ao governo do Estado do deputado federal Osires Damaso.

Damaso agradeceu e se disse emocionado com as diversas manifestações de apoio que vem recebendo ao seu projeto rumo ao Palácio Aragauaia. “Fico muito feliz e honrado com os elogios tecidos ao homem que sou e a minha trajetória política. Tenho consciência da responsabilidade de governar o nosso Tocantins e isso, sem dúvida, torna os apoios ainda mais importantes para alcançarmos esse objetivo”, disse agradecido o parlamentar.

“O Tocantins, há muito tempo, carece de representantes sérios e com capacidade de gestão, de pessoas comprometidas com o social. Eu acredito que o deputado Damaso tem essas características e por acreditá-lo, defendo-o e apoio a sua candidatura ao governo do Tocantins. Basta fazer o que é certo e ele, ao longo da sua trajetória política, tem demonstrado isso. No Tocantins nós não temos gestão”, enfatizou o deputado estadual, professor Júnior Geo. 

Também após falar da importância da realização do seminário para se ouvir o que a juventude pensa e quais as políticas públicas necessárias para esse segmento da sociedade, o deputado estadual Elenil da Penha destacou que eventos como esse “faz com que tenhamos um líder no governo capaz de reconhecer a força da juventude da população tocantinense”.  

O seminário também contou com a participação do deputado estadual Jorge Frederico (MDB), diversos prefeitos e dos deputados federais que, igualmente,sinalizaram apoio à pré-candidatura de Damaso, Aluísio Mendes (MA), líder do PSC na Câmara dos Deputados e Glaustin da Fokus (GO).

Evento

O 1° Seminário de Formação Política da Juventude do Partido Social Cristão (PSC) do Tocantins trouxe como tema: “Tocantins de Oportunidades” e teve como principal objetivo realizar debates voltados para o jovem na política e o jovem empreendedor. 

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze