Connect with us

Bico do Papagaio

Garimpeiros prometem ocupar mina em Serra Pelada este domingo

Publicado

em

Sem título2

Entrada da mina subterrânea de Serra Pelada que deve ser invadida por garimpeiros neste domingo

O clima deve esquentar este domingo, 25, em Serra Pelada, município de Curionópolis-PA. A disputa sem fim pelo controle e exploração do garimpo no local, deve ganhar um novo capitulo neste final de semana. A disputa envolve garimpeiros, a Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (COOMIGASP), a Associação de Defesa do Patrimônio dos Garimpeiros Sócios (ADEPAG) e a mineradora canadense responsável pela exploração da mina, Colossus.

Local onde a Colossus e COOMIGASP estão explorando a nova mina subterrânea de Serra Pelada

Local onde a Colossus e COOMIGASP estão explorando a nova mina subterrânea de Serra Pelada

Um grupo de garimpeiros ligados a ADAPAG promete colocar mais de 3 mil homens neste domingo, dentro da mina explorada pela Colossus e COMIGASP, para inspeciona as obras realizadas no local. Os garimpeiros filiados a ADAPAG alegam nunca terem recebido informações claras sobre o andamento das escavações.

“Estaremos lá, não como invasores, como a Colossus tenta classificar junto as autoridades e a opinião publica. Estaremos lá como donos. Somos todos garimpeiros visitantes de um projeto fruto de uma relação societária firmado entre a cooperativa dos garimpeiros e a empresa Colossus”, disse Vitor Albarado um dos líderes do movimento.

Atual situação do local onde no início dos anos 80, milhares de garimpeiros buscavam ouro

Atual situação do local onde no início dos anos 80, milhares de garimpeiros buscavam ouro

Albarado disse ainda que a ação de domingo, será baseado na parte societária a que os garimpeiros tem direito, por serem acionistas proprietários de 49% da mina. “Os donos da Colossus já estão sabendo que a empresa, não conseguirá levar o projeto adiante, mesmo tendo capitado mais de R$ 1bilhão, dinheiro que ninguém sabe para onde foi. Saberão que a Colossus não procedeu de forma correta e que está sendo investigada pelo Ministério Publico Federal e pelo Ministério Publico Estadual, este último apontando o desvio de milhões de reais”, apontou.

Funcionários da Colossus circulando dentro da mina

Funcionários da Colossus circulando dentro da mina

Já a Colossus Mineração por meio de nota, diz estar havendo incentivo à violência e ameaça de ocupação do projeto Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM). Segundo a mineradora, a ocupação gera insegurança aos trabalhadores e moradores da vila de Serra Pelada e diz que o MPE foi alertado por meio de carta pelos próprios moradores e que a empresa alertou os Governos Federal e Estadual.

Paredes da nova mina de Serra Pelada são concretadas para evitar riscos de desmoronamento

Paredes da nova mina de Serra Pelada são concretadas para evitar riscos de desmoronamento

A Colossus acusa ainda que o deputado federal, Arnaldo Jordy (PPS), por meio de uma audiência pública teria acirrado o clima de insegurança na região. O evento foi realizado no dia 16 de agosto e afirmar que todas as informações do parlamentar repassadas aos garimpeiros são inverídicas.

Já bem dentro da mina durante processo de escavação

Já bem dentro da mina durante processo de escavação

Na nota a mineradora Colossus repassou uma informação importante. Segunda a declaração, a atual direção da COOMIGASP estaria recebendo cerca de R$ 350 mil todos os meses, depositados em juízo, conforme acordado em um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) celebrado com o MPE.

Uma equipe do webjornal Folha do Bico será enviada este domingo até a vila de Serra Pelada para acompanhar a ocupação.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
7 Comments

Bico do Papagaio

Candidatos inscritos no Vestibular Unitins 2021/1 já podem conferir os locais de prova

Publicado

em

Os locais de prova do Vestibular 2021/1 da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) já estão disponíveis. Os candidatos inscritos devem acessar o Portal da Unitins (aqui) para conferir os locais de aplicação da prova, que acontece na próxima quarta-feira, 27 de janeiro, no período vespertino, nas cidades de Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Palmas e Paraíso do Tocantins. 

Os portões de cada local serão abertos às 12h30 e fechados pontualmente às 14h. A prova terá duração de cinco horas, iniciando às 14h15 e encerrando às 19h15. A Unitins reforça que os candidatos devem chegar aos locais com antecedência para evitar aglomerações ou possíveis atrasos. Recomenda-se também que os vestibulandos visitem os locais antes do dia 27 para verificarem a logística de transporte, acesso aos locais e onde ficam os blocos de aplicação. 

No dia da prova, os candidatos deverão se apresentar nos locais de prova munidos de documento oficial de identificação com foto (consultar no edital os documentos aceitos), comprovante de inscrição disponibilizado na Área do Candidato e caneta azul de embalagem transparente. Não será permitida a entrada de candidatos após o fechamento dos portões. 

As provas do Vestibular 2021/1 serão aplicadas presencialmente seguindo um Protocolo específico para a aplicação, em conformidade com o Protocolo de Segurança em Saúde para prevenção à Covid-19 do Governo do Estado, além das recomendações do MEC/INEP. 

Ao todo, 640 vagas são ofertadas no processo seletivo, distribuídas em 16 cursos de graduação nos Câmpus de Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Palmas e Paraíso do Tocantins.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Wendell diz que débitos de salários com servidores serão pagos de forma parcelada

Publicado

em

Na manhã desta sexta, 22, o secretário de Administração da Prefeitura de Araguatins, Wendell Miranda, durante entrevista na Rádio Sucesso FM, garantiu que todos os servidores que possuem salários pendentes da gestão passada, irão receber.

O gestor disse ainda, que a quitação dos débitos, acontecerão de forma parcelada.

As dívidas do município com os trabalhadores são relativas ao mês de dezembro e o 13ª, deixados pelo ex-prefeito, Cláudio Santana (MDB).

Ouça os principais momentos da entrevista:

Continue lendo

Bico do Papagaio

AGETO recupera pontos críticos da TO-126 entre Tocantinópolis e Maurilândia

Publicado

em

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), deve finalizar durante este final de semana as obras de manutenção com correção de pontos críticos da TO-126, entre Tocantinópolis e Maurilândia.

Os trabalhos foram iniciados na segunda-feira, 18, e estão sendo executados pela Residência Rodoviária de Tocantinópolis. De acordo com o coordenador da unidade descentralizada, Túlio Labre, o trecho possui 37,5 km e as equipes intensificaram o ritmo das intervenções. “As chuvas que caíram na região danificaram alguns pontos da rodovia e as equipes estão trabalhando na correção com a finalidade de garantir a trafegabilidade do trecho”, frisa.

Além da correção de pontos críticos, o sistema de drenagem da rodovia também está sendo beneficiado. “Essas intervenções irão evitar a recorrência de erosões na pista de rolamento”, explica  Túlio Labre.

A secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, destaca que os trabalhos irão melhorar a via e evitar que as chuvas causem danos capazes de interromper o tráfego. “A rodovia é importante rota de escoamento de produção dos pequenos produtos da região e os serviços vão garantir  trafegabilidade, conforto e segurança”, finaliza.

Outros trabalhos

No Bico do Papagaio, outra rodovia também está recebendo intervenções esta semana. Trata-se ta TO-210, trecho entre Tocantinópolis e a BR-230.  Na via, estão sendo realizados os serviços de roçagem mecanizada e tapa-buracos. “A previsão é de que as obras nesse trecho sejam concluídas até o final da próxima semana”, assegura Túlio Labre. (Erica Lima)

Continue lendo
publicidade Bronze