Connect with us

Bico do Papagaio

Hospitais de Tocantinópolis, Augustinópolis e Ananás recebem trajes específicos para conter hemorragias

Publicado

em

Como um dos estados brasileiros que aderiram aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), dos quais um deles é melhorar a saúde materna, o Tocantins entregou na tarde desta segunda-feira, 16, durante o Colegiado de Maternidades, trajes anti choque não pneumático, que tem como principal função conter hemorragias, o fator que mais causa mortalidade materna no Estado. A aquisição dos equipamentos foi feita em parceria com a Organização Panamericana de Saúde (OPAS), que também promoveu capacitação para as equipes de todas as maternidades estaduais, sobre como utilizá-lo.

Parte das vestimentas serão direcionadas para os hospitais de Tocantinópolis, Augustinópolis e Ananás.

Segundo dados da gerência alta e média complexidade da Secretaria de Estado da Saúde, o Tocantins registrou 19 mortes maternas em 2016 e até setembro deste ano foram 17. Ainda de acordo com os dados, 80% dos óbitos são decorrentes de hemorragias. “A gente sabe que os números de morte materna não são apenas números, são vida e famílias que se desintegram por motivos que em alguns casos podem ser evitados, com a utilização de equipamentos como este que estamos entregando hoje”, destacou a titular da gerência, Raquel Marques Santana, acrescentando que  os equipamentos fazem parte do Projeto Zero Morte Materna.

Durante o colegiado, foi lido o relato da obstetra Érika Cristine Godoy de Oliveira, que atua no Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos, que assistiu uma paciente em uma cesárea, que teve um quadro de hemorragia e só teve a vida salva devido o uso do equipamento que foi entregue para a maternidade antecipadamente, devido a gravidade do caso.

A obstetra Selene Flávia Alves Brandão, do Hospital Regional de Guaraí relatou que nos últimos dias recebeu uma paciente sem nenhum fator de risco e que após um parto normal sem intercorrências, teve um caso de hemorragia. “Utilizamos o manejo que aprendemos durante a capacitação feita pela OPAS, com o projeto Zero Morte Materna e graças a Deus, nem precisamos chegar ao uso do traje”, afirmou, acrescentando que “sem dúvidas o traje servirá para salvar muitas vidas, principalmente as pacientes que necessitarem de transferências para outras cidades”.

A transferência de pacientes também foi mencionada pelo diretor geral do Hospital regional de Miracema, Sávio Cerqueira Lima. “O recebimento destes trajes é uma grande vitória, pois poderemos amenizar os índices de mortes em nosso Estado. Graças a Deus este ano não temos registro de morte materna em nossa unidade, mas temos certeza de que a transferência de pacientes de nossa unidade, para palmas, por exemplo, será bem mais tranqüila se o uso do traje estiver sendo feito, pois cada minuto significa uma vida”, enfatizou.

Presente no evento, o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, parabenizou toda a equipe envolvida nas atividades da Rede Cegonha  e desejou um bom uso dos equipamentos pelas equipes das unidades hospitalares. “Esperamos que muitas vidas sejam salvas com este investimento. Este é mais um passo que damos em busca de prestarmos um serviço de saúde mais humanizado e digno à população do Tocantins”, disse.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SÃO BENTO: Acusado de estuprar crianças usava revólver para intimidar vítimas

Publicado

em

Em ação realizada no âmbito da operação Nacional “Resguardo”, de combate à violência doméstica praticada, sobretudo, contra mulheres que foi deflagrada nesta terça-feira, 8, em todo o território nacional, em alusão as comemorações do dia internacional da mulher, a Polícia Civil do Estado Tocantins, por intermédio da 1ª Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher e Vulneráveis de Araguatins, efetuou a prisão de um indivíduo de 62 anos de idade, o qual é suspeito pela prática de duplo estupro de vulnerável contra uma criança de 10 anos e uma adolescente de 13 anos. As duas são irmãs e eram vizinhas do suposto autor.

Segundo apontaram as investigações da DEAM-V, às vítimas eram vizinhas do investigado e, em virtude de não haver muro dividindo os lotes, quando as crianças estavam brincando no quintal de casa eram abordadas pelo investigado sob ameaça de arma de fogo e obrigadas a entrar na residência do indivíduo. Sob ameaças de morte, as irmãs eram conduzidas para o quarto onde era consumido o estupro.

“O investigado se aproveitava da proximidade das residências e no momento em que avistava as crianças brincando, sacava seu revólver calibre 38 e fazia com que as vítimas entrassem em sua casa, onde as estuprava”, ressalta o delegado Eduardo Morais Artiaga, responsável pelo caso. Os crimes teriam ocorrido no fim do ano de 2020, sendo que, assim que foram informados sobre os fatos, os policiais civis da DEAMV deram início às investigações e obtiveram fortes indícios de autoria e materialidade dos crimes, fazendo que o delegado Eduardo Artiaga representasse junto ao Poder Judiciário pela prisão do indivíduo, fato que foi deferido pela Vara Criminal da Comarca de Araguatins.

De posse da ordem judicial, os policiais civis foram até a fazenda em que o suspeito residia na zona rural de São Bento do Tocantins e o prenderam. Na ocasião da prisão do investigado foi localizado um revólver calibre 38, possivelmente a arma que foi usada para coagir as vítimas do estupro.  Além disso, os policiais também localizaram e apreenderam no interior do imóvel, três espingardas, sendo duas de fabricação artesanal, e uma espingarda calibre 32, além de munições calibre 38 e 28.  

Após ser preso, o homem foi conduzido até a sede da 1ª DEAMV, onde a autoridade policial deu cumprimento a ordem judicial. Após os procedimentos legais cabíveis, o homem foi encaminhado à carceragem da Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Continue lendo

Bico do Papagaio

CARRASCO BONITO: Traficante é preso no centro da cidade

Publicado

em

A Polícia Militar (PM) prendeu na noite deste sábado, 06, um homem de 24 anos, acusado de tráfico de drogas na cidade de Carrasco Bonito, no Bico do Papagaio. Em poder do autor foram apreendidas 08 porções de substâncias análogas à maconha, 17 pedras de crack e R $217,00 reais em espécie. Parte dos objetos foram encontrados na residência do acusado.

Os policiais militares receberam denúncia que o autor estaria vendendo droga no centro de Carrasco Bonito, e deu início a diligência no intuito de prender o suspeito. A ação contou com o apoio da equipe da Agência Local de Inteligência (ALI) do 9º BPM.

O autor foi preso nas proximidades de sua residência também usada como ponto de venda de drogas. Com a chegada da PM, o autor ainda tentou dispersar parte da droga, mas acabou sendo preso e tendo parte dos objetos apreendidos pelos policiais militares. Os materiais ilícitos apreendidos em poder do autor foram localizados dentro de um tênis.

O homem, juntamente com os objetos apreendidos, foram apresentados na Central de Flagrantes para os procedimentos legais cabíveis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Município tem novo Decreto contra Covid e toque de recolher às 22h

Publicado

em

Em novo Decreto publicado nesta segunda, dia 8, a Prefeitura limitou o funcionamento de estabelecimento essenciais e não essenciais e tomou outras providências para o enfrentamento á Covid-19, no município de Araguatins, no Bico do Papagaio.

Os efeitos do decreto são até dia 30 de março.

Entre os atos estão estabelecidos toque de recolher das 22h às 5h; uso de máscaras em qualquer local do município; proibição de eventos público ou particulares com mais de 20 pessoas; entre outras medidas que podem ser conferidas na integra clicando AQUI.

Continue lendo
publicidade Bronze