Connect with us

Bico do Papagaio

ITAGUATINS: Projeto Histoarte em alusão ao Dia da Consciência Negra e reciclagem é destaque em escola

Publicado

em

A Escola Municipal Santo Antônio da Cachoeira, da cidade de Itaguatins, no Bico do Papagaio, realizou na sexta, 22, o Projeto Histoarte em alusão ao Dia da Consciência Negra e a Reciclagem como sustentabilidade. Os professores idealizadores foram os professores Naudo Barbosa e Maria de Fátima Alves da Silva.

Segundo os professores, a Consciência Negra foi criada para dar voz aos negros e ressaltar a sua luta contra a discriminação racial. “É muito importante refletirmos sobre a posição deles na sociedade, já que sofrem preconceito até hoje, além de terem sua imagem ofuscada na maioria dos lugares”, disse o professor Naudo Barbosa.

Ainda segundo o professor historiador Naudo Barbosa, no atual cenário nacional de crise, seja econômica ou de política institucional, a população mais pobre e negra do país é a mais atingida, com a perda de direitos. “A quem diga que o Brasil, onde a maioria da população é negra, é um dos países mais racistas do mundo. Não é difícil perceber, é só olhar ao redor. O racismo que está institucionalizado nos diversos espaços, na educação, na saúde, na segurança pública tem que ser debatido e revertido o ano todo, não só em novembro esse contexto atual, apresenta novos desafios para os movimentos socioculturais negros, no momento que atravessamos hoje, quando o racismo está tão forte assim como a intolerância e violência religiosas. Quando enaltecemos esse legado, nós estamos dando uma opção para que as pessoas reflitam. Assim, o Dia da Consciência Negra não é meramente de comemoração, é momento de muita luta e reflexão para apontar caminhos para uma sociedade mais justa e igualitária. Quando enaltecemos esse legado, nós estamos dando condições para que as pessoas reflitam”, disse.

Para a professora Maria de Fátima Alves da Silva uma das idealizadoras do projeto, o homem passou a se preocupar com o meio ambiente quando começou a perceber que suas interferências estavam influenciando a sua qualidade de vida. E dentre os diversos problemas ambientais, ela cita o lixo gerado diariamente nas residências e que pode ser amenizado com a reciclagem.

“Podemos nos questionar e refletir: Em que tipo de mundo queremos viver? Em um mundo minimamente habitável com recursos para prover a nossa existência ou em mundo poluído com tanto lixo acumulado?”, finalizou a professora.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Rio Tocantins recua e algumas famílias começam a voltar para casa

Publicado

em

Moradores que ficaram desabrigados ou desalojados por causa das enchentes começaram a voltar para casa em São Miguel, no Bico do Papagaio. Isso porque o nível do rio Tocantins baixou cerca de quatro metros nos últimos dias.

Por outro lado, ainda há muitos moradores em abrigos públicos na cidade. Há quase 30 dias, a cidade sofre com a cheia. O rio chegou a subir cerca de 11 metros, desabrigando 233 famílias, que estão alojadas em 15 locais fornecidos pela prefeitura.

“A gente retirou esse pessoal para abrigos públicos e a gente tem dado toda a assistência, como alimentação, assistência médica. Fornecemos tanto alimentação pronta, como cestas básicas para aquelas famílias que foram desalojadas e não estão em abrigos públicos”, explicou o coordenador de incidência Paulo da Silva Pereira.

Com essa baixa, a travessia feita de balsa entre São Miguel e Imperatriz voltou a ser feita normalmente. O serviço tinha sido suspenso porque não havia lugar para que a embarcação pudesse ancorar.

Em vários pontos da cidade, a vida começa a voltar ao normal. A principal rua do bairro Bela Vista não está mais alagada, no entanto há muitos estragos causados pela cheia.

O que restou dos móveis está acumulado na frente das casas. Um estabelecimento foi interditado porque pode desmoronar. Mesmo o rio tendo baixado, a orientação da defesa Civil é que as famílias não retornem ainda para as residências.

“Ainda temos o risco de essa água voltar a subir e afetar novamente os moradores. A Defesa Civil está trabalhando na prevenção, tentando conscientizar a população para que não retorne agora até porque juntamente com a Secretaria de Saúde, vai ser iniciado o trabalho de dedetização das residências e das ruas que foram afetadas pela inundação”, explicou o secretário da Defesa Civil, Gustavo Enes.

Mesmo assim, alguns moradores têm retornado. O nível que a água chegou na casa do servidor público Jésser Oliveira está marcado nas paredes. Por 15 dias ele ficou na casa de parentes, mas agora que o rio está baixando, resolveu voltar.

“Não me sinto seguro, mas como a gente está de favor na casa de parentes, eu optei por voltar, na esperança de que o rio não chegue mais ao nível que chegou”, disse.

Nas áreas mais baixas, muitas casas ainda estão tomadas pela água. A dona de casa Joelma Matos o marido e o filho de 4 anos estão em um dos abrigos. Ela conta que não teve tempo de retirar quase nada antes da água subir.

“Está aqui o que eu consegui [retirar]. O meu botijão e a bicicleta do meu filho. Foi o que eu peguei, joguei nas costas e vim. O restante, documento dele, tirei um pedaço pregado no chão”, disse a dona de casa Joelma Matos. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Homem é preso ainda pelado na casa da vítima após estupro

Publicado

em

Um homem de 18 anos foi preso pela Polícia Militar, suspeito de estuprar uma mulher de 30 anos. A ocorrência foi registrada na madrugada desta segunda-feira, 24, no centro da cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio.

A Polícia Militar recebeu uma ligação feita por uma vizinha da vítima, relatando a situação onde a mulher havia sido violentada sexualmente e que necessitava de socorro da PM. 

A equipe de policiais de imediato deslocou ao local onde encontrou a vítima em desespero, chorando e bastante trêmula a qual foi de imediata socorrida pelos policiais militares. 

De acordo com a vítima, ela estava em sua casa juntamente com as suas duas filhas menores, quando o autor chegou e bateu na porta dizendo que era filho do namorado da vítima, e que naquele momento não tinha onde dormir. 

Ao abrir a fechadura, a mulher já foi surpreendida pelo indivíduo que forçou a porta adentrando a residência, já agredindo a vítima e forçando ela a ter relação sexual com o autor.  

A vítima disse à PM que mesmo sob ameaça e pressão psicológica ainda tentou se defender, mas o agressor a segurou violentamente e consumou o estupro. Com gritos e pedidos de socorro, a vítima conseguiu sair de casa junto com as filhas e pediu para uma vizinha ligar para a polícia.

O autor ainda estava no interior da casa da vítima quando foi preso pela PM. Os policiais encontraram o agressor despido e deitado em um colchão na sala. Sem reagir, o homem foi preso e conduzido para a Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Times do Bico estreiam no Tocantinense 2022

Publicado

em

Este ano, a região do Bico do Papagaio voltou a ter dois representantes na elite do futebol estadual. Os times são o tradicional Tocantinópolis EC (TEC) e o estreante Bela Vista, do município de Cachoeirinha.

O TEC é o atual campeão estadual e é a equipe mais tradicional do estado, vai defender o título buscando sua quarta conquista. O Bela Vista tem à frente da presidência o atacante do Phitsanulok, da League 3 da Tailândia, Gilberto Macena. O time teve uma trajetória meteórica, sendo campeão estadual amador em 2021, conquistando direito de se profissionalizar e disputar a 2ª divisão estadual, onde foi vice campeão, adquirindo o direito ao acesso a elite em 2022.

As duas equipes estrearam no sábado, 22. O Verdão do Bico acabou derrotado no Nilton Santos, em Palmas, perdendo para o Capital por 2 a 1. O Capital saiu na frente com Bombado, mas Alan Maia deixou tudo igual, ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Fábio Júnior garantiu o placar da vitória para a equipe de Palmas: 2 a 1.

No estádio Municipal Jorge Filho, em Angico, o Bela Vista saiu na frente com Arnaldo e Maelson ampliou. Na etapa final, Luís Carlos diminuiu para o Araguacema. Com a vitória, o Bela Vista somou os primeiros pontos. A equipe de Cachoeira jogou em Angico por conta do campo estar em melhores condições. (Foto: Lucas Ferreira/ TV Anhanguera)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze