Araguatins tem milhares de desempregados e desempregadas que sobrevivem trabalhando em bicos, sem direitos trabalhistas e sem uma renda fixa que lhes permita melhorar de vida.

Os governos Temer e Bolsonaro retiraram direitos da classe trabalhadora e aumentaram o desemprego em nosso país. A riqueza está se concentrando nas mãos de poucos. Os idosos estão com muito mais dificuldade de se aposentar hoje do que no governo Lula e Dilma, que geraram 22 milhões de empregos sem cortar nenhum direito e sem perseguir ninguém.

No Congresso Nacional, o PT votou a favor dos trabalhadores e trabalhadoras e contra as reformas trabalhista e da previdência, defendendo os direitos do povo.

Mesmo sabendo que a geração de empregos depende diretamente do governo federal, a prefeitura também pode contribuir com diversas medidas para gerar renda e empregos.

Não acreditamos que isenção de impostos e doação de terrenos para grandes empresas gerem empregos para nosso povo. Um exemplo é a Pharmakon, que recebeu doação de quase 200 hectares de área bem localizada, com isenção de impostos e não gerou emprego. É melhor investir os recursos públicos nas pequenas empresas, nos trabalhadores da cidade e nos agricultores.

Acreditamos na força do trabalhador pra gerar emprego, a exemplo dos 30 assentamentos da reforma agrária e crédito fundiário (cerca de 1800 famílias) em nossa cidade, bem como os milhares de pequenos agricultores que produzem alimentos e compram no comércio de nossa cidade, movimentando nossa economia.

Para aumentar a renda dos pequenos agricultores e assentados, devemos ampliar as compras da Agricultura Familiar para a merenda escolar para mais de 50% do que nossas crianças comem. Os alimentos dos agricultores são comida de verdade (leite, carne, frutas, verduras etc), não são produtos cheios de agrotóxicos e artificiais.
O programa Compra Direta criado pelo Lula foi quase extinto, mas devemos buscar que seja reativado, pois é mais uma forma de aumentar a renda dos agricultores.

A Feira da Economia Solidária de Araguatins demonstrou que é possível vender alimentos saudáveis diretamente do agricultor para o consumidor, bem como artesanato. Precisamos que essa feira seja mantida e ampliada para se tornar permanente.

A prefeitura deve apoiar também os trabalhadores por conta própria. Temos milhares de profissionais, como costureiras, cabeleireiras, mecânicos, oleiros, vendedores de comida e outros que não possuem bons equipamentos ou locais para exercer sua profissão. Como existem prédios públicos desativados, podem ser cedidos para esses profissionais, bem como eles podem ser capacitados através de parceria com o IFTO e UNITINS e ter suas máquinas financiadas através de um Banco do Povo.

Lutamos para que a UFNT tenha um campus em Araguatins, fizemos esse pedido através do Deputado Federal Célio Moura. Essa universidade também gerará centenas de empregos, além de formação universitária pública e gratuita.

O desemprego dos jovens é muito alto. A prefeitura pode criar programa de estágios para estudantes do ensino médio e superior, além de outras medidas para gerar emprego e renda aos jovens.
É preciso dar mais oportunidades de emprego e de geração de renda, permitindo que o trabalhador e a trabalhadora tenham melhores condições de vida.

Ronaldo Costa Sousa – Ronaldinho, é suplente de deputado federal e presidente municipal do Partido dos Trabalhadores.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.