Connect with us

Bico do Papagaio

PALMEIRAS: Mais de 500 famílias serão beneficiadas com o Programa Agricultura Forte lançado pela prefeita Nalva Braga

Publicado

em

A Prefeitura de Palmeiras do Tocantins, através da Secretaria de Agricultura e Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, realizou na terça-feira (24), a solenidade de apresentação da 2ª Edição do Programa Agricultura Forte.

O programa tem como objetivo o fortalecimento das atividades produtivas e melhoria das condições de vida das unidades familiares beneficiadas, através de ampliação da capacidade produtiva e geração de renda, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional, das mais de 500 famílias de agricultores familiares tradicionais, assentados, ribeirinhos e comunidades tradicionais do município de Palmeiras do Tocantins que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

O programa conta com 5 sub-programas, sendo eles, o programa Solo Fértil, que consiste no preparo do solo com gradagem de terras e assistência técnica para os produtores; o programa Mesa Farta, com a roça comunitária e o incentivo do uso de sementes certificadas, Arroz e feijão; o Programa Arborizar e Frutificar, que consiste na recuperação de nascentes, e plantação de mudas frutíferas; o programa saúde na mesa, em Parceria com o MDS, através do programa Bolsa Família, onde será feito um financiamento para compra de equipamentos para a construção de hortas; e o programa de desenvolvimento do mercado local, onde haverá o apoio técnico na realização projetos de venda aos programas PNAE, PAA e Feira, além do transporte para o escoamento dos produtos.

Estiveram presentes, a prefeita de Palmeiras do Tocantins, Nalva Braga; e todos os secretários, dentre eles, o Secretário de Agricultura, João Soares; Secretária de Meio Ambiente e Turismo, Ana Lídia Pantoja, que são responsáveis pelas pastas executoras do programa; e toda a equipe administrativa, além de pequenos produtores rurais e representantes de associações e entidades.

Após a apresentação dos dados sobre o Programa Agricultura Forte, a Prefeita Nalva Braga falou sobre a importância do projeto para o fortalecimento da produção dos pequenos agricultores e os eventuais impactos econômicos e sociais no município. “É um programa de extrema importância, e que está contribuindo para o fortalecimento da produção dos pequenos agricultores familiares da zona rural, onde já houve um crescimento de mais de 50% na produção. Vamos beneficiar o homem do campo, estimulando os pequenos agricultores e, promovendo assim a geração de renda e melhoria da qualidade de suas vidas.”

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Veja quantas doses da CoronaVac cada município do Bico vai receber nesta quarta, 20

Publicado

em

Após o pedido do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS-TO), a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) encaminhou nesta terça-feira, 19, a relação de doses da vacina CoronaVac, contra a Covid-19 que serão distribuídas aos municípios.

As doses chegam a Central de Distribuição em Araguaína no final da tarde desta terça, 19, e serão entregues aos municípios biquenses, a partir das 14h, desta quarta, 20.

Confira quantas doses cada município deve receber:

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico ainda não sabem cota e quando iniciam imunização contra Covid-19

Publicado

em

Com a chegada do primeiro lote de vacinas CoronaVac, contra Covid-19, nesta segunda, 18, ao Tocantins, os municípios do Bico do Papagaio ainda não tem definida a data de inicio da vacinação e nem a quantidade de doses que serão recebidas.

É aguarda para esta terça, 19, que a Secretaria de Estado da Saúde (SES), informe as Secretaria Municipais de Saúde, cada cota.

A princípio, a SES recebeu o comunicado do Ministério da Saúde, que neste primeiro lote, seriam enviadas 29.840 doses da CoronaVac, depois, esse número cresceu para 44 mil.

As vacinas para os municípios do Bico, serão transportadas ainda nesta terça, para a Central de Distribuição, em Araguaína. De lá, os municípios farão a retirada e ficam responsáveis pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Vacinas CoronaVac para o Bico serão levadas para Centro de Distribuição em Araguaína

Publicado

em

Começou na noite desta segunda, 18, à campanha de vacinação contra a Covid-19. As três primeiras pessoas escolhidas, que pertencem aos grupos prioritários, já foram imunizadas durante a solenidade de lançamento da campanha, realizada no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Palmas, capital do estado.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, ressaltou que as vacinas serão enviadas imediatamente para todos os municípios, sendo que o ente municipal será responsável pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

As vacinas destinadas aos 27 municípios do Bico do Papagaio, serão enviadas ainda nesta terça, 19, para um centro de Distribuição, na cidade de Araguaína. Lá, cada município biquense fica responsável pela retirada de sua cota. “Cada município tem a responsabilidade por seus cidadãos e com as pessoas dos grupos prioritários”, frisou o secretário Edgar Tollini, ao adiantar que a expectativa é vacinar a maior parte da população tocantinense ainda neste semestre.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo
publicidade Bronze