- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 08 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

PALMEIRAS: Projeto Recriar Vidas chega ao Bico do Papagaio

Mais Lidas

Inicia nesta terça-feira, 16, a partir das 19h na Câmara Municipal de Palmeiras, no Bico do Papagaio, o curso Recriar Vidas. A abertura contará com a presença do prefeito Júnior Noleto, da secretária municipal de Educação, Andreia de Moura Bandeira, além de representantes da Câmara Municipal, órgãos de controle e Sociedade Civil.

Nesta etapa, serão treinados 130 profissionais do município, sendo a maioria servidores da educação, especificamente orientadores, monitores, professores, gestores escolares, entre outros. O curso, com imersão dos profissionais, inicia nesta terça e vai até a próxima sexta-feira. A certificação deverá acontecer no dia 8 de dezembro, em visita do secretário nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, Quirino Cordeiro Júnior.

O prefeito Júnior Noleto expressou a satisfação em receber o projeto, afirmando que “Palmeiras merece o melhor. Sabemos o que estes jovens do Tocantins estão fazendo aqui e no Brasil, criando esses grupos de prevenção às drogas. Por vezes achamos que é um problema distante mas está muito perto das famílias da nossa cidade, em razão da expansão comercial na região, da divisa com o Maranhão. Vamos preparar nossa cidade e nossos profissionais a falar e atuar frente essa questão tão delicada que são as drogas”, afirmou o gestor.

Expansão nacional e parcerias

O Recriar Vidas é um programa que nasceu no Tocantins mas encontra-se em expansão para diversos outros estados, dentre eles Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Goiás e Pará, tendo como objetivo a aquisição de livros de prevenção de uso de drogas, e de capacitação por meio de estudo de caso real de profissionais das áreas de educação, assistência, saúde e segurança, dividido em etapas, sendo instrumentalização pedagógica, psicológica e métrica dos profissionais, garantindo a formação de uma rede de proteção social na cidade, especialmente quanto a avaliação do risco e grau de consumo de substâncias psicoativas, bem como ações de redução dos fatores de vulnerabilidade social de crianças e adolescentes. Atualmente o Projeto é reconhecido pela United Nations Office on Drugs and Crime – UNODC, Escritório das Nações Unidas sobre Drogas no Brasil, pela SENAPRED do Governo Federal, e por diversas outras cidades e instituições que já receberam o Programa.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias