Connect with us

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Com Mega-Sena falsa, bando provoca rombo de R$ 73 milhões na Caixa

Publicado

em

Sem título

A Polícia Federal desencadeou neste sábado, 18, uma operação em três Estados para desarticular uma quadrilha que fraudou a Caixa Econômica Federal em mais de R$ 70 milhões no fim do ano passado.

De acordo com a PF, o banco disse que se trata da maior fraude já sofrida em toda sua história.

A fraude, segundo a PF, consistiu na abertura de uma conta corrente na agência da Caixa em Tocantinópolis, no Bico do Papagaio, em nome de uma pessoa fictícia, para receber um prêmio falso da Mega-Sena no valor de R$ 73 milhões. A conta foi aberta no dia 5 de dezembro, segundo o delegado da PF, Omar Afonso de Ganter Pelow. O dinheiro foi transferido em seguida para diversas outras contas.

O agente da PF, Jorge Apolônio Martins, disse que esta foi a quarta vez que o golpe foi aplicado no Brasil. Em geral, o gerente da Caixa é cooptado pela quadrilha e confirma o recebimento do prêmio, transferindo o valor para uma conta dos fraudadores.

O gerente-geral da agência de Tocantinópolis, Robson Pereira do Nascimento, é suspeito de envolvimento no crime e está preso desde o dia 22 de dezembro.

Foram expedidos cinco mandados de prisão preventiva, dez mandados de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva (quando o suspeito é obrigado a depor na delegacia) nos Estados de Goiás, Maranhão e São Paulo.

Entre os investigados está o suplente de deputado federal, Ernesto Vieira Carvalho Neto, do PMDB do Maranhão. Ele foi preso na tarde de sábado em uma estrada entre os municípios maranhenses de Carolina e Estreito.

De acordo com a PF, Carvalho Neto tentou fugir e foi capturado em um cerco feito com o apoio de policiais militares. O suplente foi levado para a prisão provisória de Araguaína-TO.

Carvalho Neto adquiriu um avião de pequeno porte há menos de um mês, e a PF suspeita que a compra tenha sido feita com dinheiro da fraude.

Os investigados pela operação devem responder pelos crimes de peculato (desvio de dinheiro público por funcionário do Estado), receptação majorada (de bem público), formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. As penas podem chegar a 29 anos de reclusão.

A Caixa já bloqueou as contas e recuperou cerca de 70% do dinheiro desviado.

A quadrilha está espalhada pelo Brasil, o que dificulta a investigação, informou a PF, que batizou a operação de Éskhara, nome que vem do grego e significa “escara”, uma ferida que nunca se cura.

Policiais federais do Tocantins, Goiás, Maranhão e São Paulo participaram da operação; ao todo, há mais de 65 agentes envolvidos.

A Caixa afirmou, em nota, que acionou a polícia assim que a fraude foi percebida e se disse à disposição da PF para colaborar com a investigação. (Leandro Aguiar)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
4 Comments

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Bolecho aceita convite e entra na gestão Aquiles

Publicado

em

O prefeito de Araguatins, Aquiles da Areia (PP), convocou na noite desta segunda, 10, todo seu primeiro escalão para anunciar a chegada ex-prefeito Boleslaw Daroszewski Júnior, o Bolecho, que fará parte da gestão.

Bolecho e Aquiles vinham negociando a entrada na gestão há cerca de um mês, mas a decisão acabou sendo protelada por conta do ex-prefeito ter contraído a Covid-19, ter sido internado e passado por processo de recuperação.


Aquiles ainda não tornou oficial qual pasta Bolecho vai assumir, mas a expectativa é que seja de Administração, realocando Wendell Miranda para a pasta de Finanças. Aquiles deve oficializar a definição nas próximas horas.

A ideia de buscar Bolecho, que havia sido coordenador da campanha de Ian Cavalcante (PL), adversário de Aquiles, foi do contador e principal conselheiro, Jailson Pontes, homem forte do Governo Municipal, que também é responsável pela indicação de Wendell Miranda, na Finanças e deu a última palavra para efetivação de Ulissevânia Sales, na Educação. O ex-prefeito de Axixá, Damião Castro, pela proximidade que tem com Bolecho, também ajudou no convencimento.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Segunda etapa da vacinação contra a gripe começa nesta terça, 11

Publicado

em

Nesta terça-feira (11) começa a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe que vai até o dia 8 de junho. Desta vez, o público-alvo são idosos com mais de 60 anos e professores. A estimativa é vacinar cerca de 33 milhões de pessoas nesta etapa.

Já a terceira fase, que acontecerá entre 9 de junho e 9 de julho, deve abranger cerca de 22 milhões de pessoas. As doses serão destinadas a integrantes das Forças Armadas; pessoas com comorbidades; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; entre outros.


Promovida pelo Ministério da Saúde em todo o território nacional, a campanha teve início no dia 12 de abril, focada na vacinação de crianças, povos indígenas, trabalhadores da área da saúde e gestantes. De acordo com o vacinômetro da campanha, já foram aplicadas quase 7 milhões de doses. Mas atenção, pessoas que recentemente tomaram a primeira ou a segunda dose da vacina contra a Covid-19 devem esperar pelo menos 14 dias para tomar o imunizante contra a gripe.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Dois indivíduos são presos no setor Nossa Senhora Aparecida portando garrucha

Publicado

em

Durante patrulhamento, na noite desse domingo, 09, no Setor Nossa Senhora Aparecida em Xambioá, a equipe de policiais militares avistou dois indivíduos, 26 e 37 anos, transitando em uma motocicleta Honda/CG 125 Titan de cor verde sendo que o passageiro estava sem capacete. Ao ser realizada a abordagem e busca pessoal, foi localizada dentro de uma mochila uma arma de fogo, tipo garrucha, e o veículo por possuir pendências administrativas foi apreendido.

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos, juntamente com as armas de fogo à Central de Flagrantes de Araguaína para os procedimentos legais cabíveis.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze