Connect with us

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Mutirão encontra 16 casos de sub-registro no primeiro dia da ação

Publicado

em

“Pensar que meus filhos não podem estudar porque não foram registrados. Eu tenho 32 anos e nunca tirei a minha Certidão de Nascimento. Fui criado na roça e meus pais não se preocupavam muito em levar a gente para a cidade para tratar de doença ou para estudar. Lá em casa, somente meu irmão mais velho foi registrado. Com a Certidão de Nascimento, meus filhos terão mais oportunidades na vida”, declara Edmilson Fernandes de Sousa, 32 anos, natural de Santa Izabel do Tocantins e residente de Araguanã, município localizado a 28 Km de Xambioá.

Edmilson é exemplo da maioria dos 16 casos de sub-registro encontrados no primeiro dia da ação do Mutirão de Erradicação do Sub-registro, realizado em Xambioá. Pais que procuraram a ação para regularizar a sua situação pensando no futuro dos filhos. Sem a Certidão de Nascimento a pessoa não tem acesso à escola, a hospitais, postos de saúde e a nenhum tipo de benefício do governo, como bolsa escola e aposentadoria.

Irene da Conceição, moradora do Assentamento Grota da Lage, a 24 Km de Xambioá, também procurou auxílio da equipe do mutirão para requerer a sua Certidão de Nascimento extemporânea. “Tenho três filhos de 8, 10 e 13 anos, todos deveriam estar estudando, mas não fazem a matrícula sem o documento. Quando eu morava no Pará eu fui em uma “banca”, mas nunca me deram documento nenhum”, relatou Conceição.

Depois de ser atendida no mutirão, Irene foi orientada a procurar o Cartório de Registro Civil do município. Com a Certidão de Nacimento nas mãos, Irene retornou ao mutirão e tirou xerox do seu documento, foto 3X4 e requereu sua identidade e carteira de trabalho. Irene retornará à ação nesta quarta-feira, 3, agora munida do título de eleitor. “Nem acredito que amanhã (quarta) eu vou voltar para tirar o meu CPF e ainda vou trazer os meus três filhos para tirar todos os documentos pessoais”, concluiu a trabalhadora rural.

Segundo a defensora Pública de Xambioá, Pollyana Lopes Assunção, é comum os casos de pessoas que residiram no Pará que procurou as bancas, mas nunca teve acesso a nenhum tipo de documentação. “O que nós sabemos é que essas pessoas procuravam essas chamadas bancas de registro civil, porém, nunca receberam ou sequer foram registradas. Essas bancas pegaram fogo não deixando qualquer tipo de documentação que comprove o registro da pessoa”, explicou a defensora.

“Com a mudança da Lei em 2009 o processo para requerimento de certidão de nascimento fora do prazo, ou seja, após os 12 anos de idade, ficou mais simplificada. Antes a pessoa precisava dar entrada em um processo de certidão de nascimento extemporâneo, o que demorava até anos para ser concluído. A lei mudou para agilizar a vida de diversas pessoas”, concluiu Pollyana Lopes.

Edimar Ferreira Alburquerque, 34 anos, é exemplo de como o processo para expedição de certidão de nascimento mudou. “Eu nasci em Grajaú-MA, mas já moro aqui em Xambioá há 5 anos, em maio deste ano eu fui no Fórum para requerer meu documento mas nunca a recebi”, disse. Edimar foi orientado pela defensora a retornar ao Fórum para terminar o trâmite do seu processo de registro civil. (Deydjane da Luz)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Nesta sexta tem vacinação drive-thru de 2ª dose para 60 anos

Publicado

em

Nesta Sexta, 30, acontece na Praça da Rodoviária, o drive-thru de vacinação 2º dose para público de 60 anos ou mais. É necessário ser residente em Araguatins, levar cartão de vacina, CPF, RG e comprovante de residência.

A ação começa às 8h e vai até às 13h30.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Conferência Municipal de Assistência Social é marcada para agosto

Publicado

em

A Conferência Municipal de Assistência Social, de Araguatins, no Bico do Papagaio, será realizada no dia 26 de agosto, com a proposta de ampliar as discussões acerca da proteção social e do enfrentamento às desigualdades. O evento acontecerá no auditório da Câmara Municipal.

Com o tema “Assistência Social: direito do povo e dever do estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, o encontro irá debater questões importantes voltadas à assistência social.


O encontro é organizado pelo Conselho Municipal de Assistência Social, em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação (SEDESH).

A Conferência Municipal antecede a estadual e nacional, envolvendo a mobilização de setores da sociedade civil e a intersetorialidade. No encontro municipal também serão eleitos os delegados que representarão o município em eventos posteriores.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Biquense Agnaldo Boiadeiro se filia no PDT e vai concorrer a deputado

Publicado

em

O biquense Agnaldo Boiadeiro se filiou no PDT, que olho em disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa em 2022. Ele tem base política no Bico do Papagaio e Palmas.

Jairo Mariano presidente estadual do PDT, deu as boas vindas a Boiadeiro, e reforçou que o partido está se fortalecendo com a adesão de muitas lideranças importantes. “Temos pessoas realmente comprometidas com o futuro do nosso Estado, e este é o nosso objetivo comum”, afirmou.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze