Connect with us

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Mutirão encontra 16 casos de sub-registro no primeiro dia da ação

Publicado

em

“Pensar que meus filhos não podem estudar porque não foram registrados. Eu tenho 32 anos e nunca tirei a minha Certidão de Nascimento. Fui criado na roça e meus pais não se preocupavam muito em levar a gente para a cidade para tratar de doença ou para estudar. Lá em casa, somente meu irmão mais velho foi registrado. Com a Certidão de Nascimento, meus filhos terão mais oportunidades na vida”, declara Edmilson Fernandes de Sousa, 32 anos, natural de Santa Izabel do Tocantins e residente de Araguanã, município localizado a 28 Km de Xambioá.

Edmilson é exemplo da maioria dos 16 casos de sub-registro encontrados no primeiro dia da ação do Mutirão de Erradicação do Sub-registro, realizado em Xambioá. Pais que procuraram a ação para regularizar a sua situação pensando no futuro dos filhos. Sem a Certidão de Nascimento a pessoa não tem acesso à escola, a hospitais, postos de saúde e a nenhum tipo de benefício do governo, como bolsa escola e aposentadoria.

Irene da Conceição, moradora do Assentamento Grota da Lage, a 24 Km de Xambioá, também procurou auxílio da equipe do mutirão para requerer a sua Certidão de Nascimento extemporânea. “Tenho três filhos de 8, 10 e 13 anos, todos deveriam estar estudando, mas não fazem a matrícula sem o documento. Quando eu morava no Pará eu fui em uma “banca”, mas nunca me deram documento nenhum”, relatou Conceição.

Depois de ser atendida no mutirão, Irene foi orientada a procurar o Cartório de Registro Civil do município. Com a Certidão de Nacimento nas mãos, Irene retornou ao mutirão e tirou xerox do seu documento, foto 3X4 e requereu sua identidade e carteira de trabalho. Irene retornará à ação nesta quarta-feira, 3, agora munida do título de eleitor. “Nem acredito que amanhã (quarta) eu vou voltar para tirar o meu CPF e ainda vou trazer os meus três filhos para tirar todos os documentos pessoais”, concluiu a trabalhadora rural.

Segundo a defensora Pública de Xambioá, Pollyana Lopes Assunção, é comum os casos de pessoas que residiram no Pará que procurou as bancas, mas nunca teve acesso a nenhum tipo de documentação. “O que nós sabemos é que essas pessoas procuravam essas chamadas bancas de registro civil, porém, nunca receberam ou sequer foram registradas. Essas bancas pegaram fogo não deixando qualquer tipo de documentação que comprove o registro da pessoa”, explicou a defensora.

“Com a mudança da Lei em 2009 o processo para requerimento de certidão de nascimento fora do prazo, ou seja, após os 12 anos de idade, ficou mais simplificada. Antes a pessoa precisava dar entrada em um processo de certidão de nascimento extemporâneo, o que demorava até anos para ser concluído. A lei mudou para agilizar a vida de diversas pessoas”, concluiu Pollyana Lopes.

Edimar Ferreira Alburquerque, 34 anos, é exemplo de como o processo para expedição de certidão de nascimento mudou. “Eu nasci em Grajaú-MA, mas já moro aqui em Xambioá há 5 anos, em maio deste ano eu fui no Fórum para requerer meu documento mas nunca a recebi”, disse. Edimar foi orientado pela defensora a retornar ao Fórum para terminar o trâmite do seu processo de registro civil. (Deydjane da Luz)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Tocantinópolis, Xambioá e Darcinópolis tem novos registros de mortes por Covid

Publicado

em

Nesta segunda, dia 17, a Secretaria Municipal de Saúde de Tocantinópolis, confirmou a 38º morte por Covid-19, mas não detalhou sobre o paciente em seu Boletim Epidemiológico.

Nesta terça, 18, a Secretaria de Estado na Saúde (SES), confirmou mortes pela doença em Xambioá e Darcinópolis. A vítima de Darcinópolis é mulher de 74 anos, cardiopata, que morreu no dia 14 de maio, no Hospital Regional de Xambioá. A vítima de Xambioá também é do sexo feminino, tinha 36 anos, obesa e morreu em 12 de maio no Hospital Regional de Araguaína.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Clientes da ATS no Bico podem pagar suas faturas com PIX

Publicado

em

Na intenção de dar mais agilidade e comodidade aos mais de 50 mil clientes dos 46 municípios concessionários, a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) implantou o sistema PIX para pagamento de faturas.

A partir de agora, os clientes da Agência podem efetuar o pagamento de suas contas 24 horas por dia, sete dias por semana, incluindo os finais de semana e feriados.

Já neste mês de maio, todas as faturas estão sendo emitidas com um QR Code que direciona os consumidores para uma tela de pagamento. As segundas vias das contas também serão emitidas com a opção do QR Code para o pagamento com o PIX.


O presidente da ATS, Davi Goveia Júnior, afirma que essa inovação faz parte das medidas adotadas pela gestão para melhorar o atendimento aos clientes da Agência.

“Nossa missão é melhorar a cada dia o atendimento aos nossos clientes. Com o PIX, disponibilizamos mais uma forma rápida e prática de pagamento das nossas faturas a qualquer hora e em qualquer lugar. Essa inovação vai dar mais celeridade aos pagamentos e mais comodidade aos consumidores”, afirma.

O gerente comercial da ATS, Bruno Queiroz, afirma que o serviço já está disponível e que é seguro realizar o pagamento por meio do PIX.

“Nosso serviço já está funcionando. A partir de agora, quem solicitar a segunda via de uma fatura já vai receber sua conta com o QR Code. O pagamento com o PIX é completamente seguro e pode ser realizado por qualquer um dos clientes da Agência”, destaca.

Como pagar sua conta via PIX?

Para realizar o pagamento, é fácil e não precisa ter uma chave PIX cadastrada.

Basta acessar o App ou o site do seu banco (ou alguma carteira digital que tenha cadastro) e realizar o pagamento de sua conta selecionando QR Code e apontando a câmera para fazer a leitura do código. Aí, é só confirmar os dados e concluir o pagamento.

O PIX é fácil, prático e seguro. Aproveite as vantagens e pague suas contas com o PIX.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Caminhonete que caiu da balsa é retirada do Rio Tocantins

Publicado

em

Foi retirado do fundo do Rio Tocantins, na tarde desta segunda, 17, a caminhonete S10, do empresário Gilvan André Cardoso, que morreu no domingo, 16, após entrar na balsa que faz travessia do povoado Bela Vista, município de São Miguel, Bico do Papagaio para Imperatriz, no sul do Maranhão.

O empresário morreu afogado.

O motivo do incidente ainda não foi esclarecido.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze