Connect with us

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Vizinho se aproveitava quando mãe de adolescente saia para trabalhar e cometia abusos sexuais

Publicado

em

A Polícia Civil do Estado Tocantins, por intermédio da 1ª Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher e Vulneráveis de Araguantins (1ª DEAMV), em mais uma ação de combate a violência sexual infantil, efetuou nessa quinta-feira, 20, a prisão de um indivíduo de 30 anos de idade. Ele é suspeito pela prática do crime de estupro e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da Comarca de Araguatins.

Conforme o Delegado Eduardo Morais Artiaga, no ano de 2018, a vítima registrou que estava sofrendo abusos sexuais. Segundo ele, os abusos aconteciam quando a mãe da vítima saía para trabalhar e ela ficava sozinha. O Delegado relata que foi apurado que a mãe deixava a porta da casa encostada e, aproveitando-se disso, o vizinho entrava e a molestava a adolescente, mesmo estando ela sonolenta. Conforme investigado, os abusos somente eram cessados quando a adolescente acordava e ameaçava gritar.

Ainda segundo a autoridade policial, com base nas investigações realizadas, o inquérito policial foi concluído com o indiciamento do autor. Desse modo, o delegado representou, junto ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do indivíduo, que foi chancelada pelo Ministério Público e Poder Judiciário, e cumprida nesta quinta-feira.

Ainda segundo o delegado Artiaga, existe outro procedimento da mesma natureza em desfavor do acusado, com outra vítima. O indivíduo, em tese, teria abusado sexualmente  de duas vítimas com idade de 13 e 16 anos, em várias oportunidades”, frisa o Delegado.

Após ser preso, o homem foi conduzido até a sede da 1ª DEAMV, onde a autoridade policial deu cumprimento a ordem judicial. Após os procedimentos legais cabíveis, o suspeito foi encaminhado à carceragem da Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. (Rogério de Oliveira)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

CACHOEIRINHA: Justiça cassa mandato de Paulo Macedo

Publicado

em

A Justiça cassou nesta segunda, 28, o mandato do prefeito de Cachoeirinha, Paulo Macedo (DEM), que disputa a reeleição. A decisão foi publicada nesta terça, 29.

A decisão foi em julgamento a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) nº518-42.2016.6.27.0010, promovida pela Cachoeirinha em Boas Mãos (PSB/PSC/PR/PDT/DEM/PSDC/SD/PSDB).

Na decisão o juiz José Carlos Tajra Reis Júnior, condenou Paulo Macedo ao pagamento de multa no valor de R$ 8.000,00 (oito mil reais); Cassação do diploma e mandato de prefeito e do Vice-Prefeito Francisco Andrade Silva e declarou a inelegibilidade de Paulo Macedo pelo prazo de 8 anos, a contar do dia 02 de outubro de 2016, pela prática de abuso de poder político.

A decisão cabe recurso.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Homem passa 11 anos foragido após tentar matar companheira com golpes de chave de fenda

Publicado

em

Após passar mais de 11 anos foragido da Justiça do Estado do Tocantins, um homem de 34 anos de idade, suspeito do crime de tentativa de homicídio, foi encontrado e preso pela Polícia Civil do Tocantins nesta segunda-feira, 28, em São Luís do Maranhão.

Conforme o delegado-chefe da 16ª Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Tocantins, Inaci Antônio Bandeira Júnior, a prisão do indivíduo foi resultado de uma extensa investigação que teve início ainda em 2009 quando o autor residia em São Miguel e tentou matar a golpes de chave de fenda sua, então, companheira com 22 anos a época dos fatos.

“Logo após o crime, o autor foi identificado e teve sua prisão decretada. No entanto, ao saber que era procurado pela Polícia, ele acabou fugindo para o Estado do Maranhão, onde passou por vários municípios até se estabelecer em São Luís, onde trabalhava como vigilante e também atuava como missionário em uma igreja local”, disse o Delegado.

“Após a realização de todo o trabalho investigativo e de descobrirmos o paradeiro do autor, entramos em contrato com a Polícia Civil do Maranhão, repassamos a localização do indivíduo, bem como enviamos cópia do mandado de prisão que existia contra o homem”, destacou a autoridade policial.

Desse modo, após o compartilhamento de informações, os policiais civis do Departamento de Feminicídio de São Luís foram até o local informado pela Polícia Civil tocantinense, onde fizeram a captura do homem que foi recolhido ao presídio da Capital Maranhense e, em breve, será recambiado para o Tocantins, onde deverá responder pelo crime que lhe é imputado.

O crime

A tentativa de homicídio ocorreu por volta de meia noite e meia do dia 16 de abril de 2009. Conforme investigado, o suspeito, que era namorado da vítima, passou na frente da casa dela e a viu sentada em uma cadeira do lado de fora da casa conversando com uma amiga. Tomado por ciúmes, ele se aproximou e perguntou para a namorada o que ela conversava com sua amiga e teve como resposta que não era nada.

Transtornado com a resposta e tomado por ciúmes, o homem adentrou na residência, onde pegou uma chave de fenda e desferiu ao menos 17 golpes que acertaram o tórax e principalmente a barriga da vítima, que foi socorrida, e teve que se submeter a quatro cirurgias, mas sobreviveu ao ataque. (Rogério de Oliveira)

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Veja os números da Covid-19 desta segunda, 28

Publicado

em

Continue lendo
publicidade Bronze