Connect with us

Bico do Papagaio

Usuários do PLANSAÚDE sofrem sem atendimento na UNIMED/Imperatriz

Publicado

em

Nas últimas semanas os usuários do PLANSAÚDE que moram no Bico do Papagaio e buscam atendimento em Imperatriz-MA, centro de referência em saúde para região, não estão sendo atendidos pela UNIMED.

A UNIMED/Imperatriz decidiu interromper o atendimento aos usuários do PLANSAÚDE alegando falta de pagamento. A informação foi confirmada ao Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) nesta terça-feira, 4, por telefone, pelo presidente da UNIMED/Imperatriz, Rômulo Lopes.

Nas últimas semanas, o SISEPE registrou um alto índice de reclamações de servidores públicos da região do Bico do Papagaio que utilizam o atendimento da UNIMED/Imperatriz. Eles relatam a suspensão no atendimento pelo plano e uma série de prejuízos em virtude disso.

O funcionário público, Edilson, enviou mensagem ao jornal Folha do Bico reclamando da situação. “Quem mora nessa região do Estado está totalmente descoberto pelo PLANSAÚDE, pois o atendimento razoável mais próximo que temos fica a mais de 300 km de distância, na cidade de Araguaína. Sempre fomos atendidos na cidade de Imperatriz, mas já faz um bom tempo que o atendimento lá foi suspenso e não há nenhuma expectativa de quando retornará. Mas o que mais nos deixa indignados, além é claro, de não poder usufruir do plano, sendo que todo mês é descontado no contracheque, é que a informação que temos para o não atendimento é que falta apenas o Estado renovar o contrato com a UNIMED/Imperatriz.

No entanto, toda vez que alguém liga em Palmas pedindo informação, eles dizem que até sexta-feira tudo será normalizado, sendo que já se passaram várias semanas. Outras vezes, dizem que não há informação e sempre há uma resposta diferente. Somos tratados como um bando de idiotas todas que ligamos pedindo informação”, disse.

Uma professora que não quis se identificar disse ao Folha do Bico que na semana passada foi a Imperatriz e teve de pagar um consulta para seu filho no valor de R$ 250,00, mais os gastos com combustível e remédios. “Meu filho foi acometido de uma enfermidade, pago o meu plano de saúde todos os meses, descontados certinho e cobranças de coparticipação na qual é indevida pois o plano está inativo”, denunciou a professora.

Segundo a assessoria do SISEPE, o departamento jurídico do sindicato entrou em contato com a UNIMED/Centro-Oeste e Tocantins, administradora do PLANSAÚDE, que disse não haver pendências junto à UNIMED/Imperatriz. No entanto, essa informação foi negada pelo presidente da UNIMED/Imperartriz, Rômulo Lopes, em conversa com o presidente do SISEPE, Cleiton Pinheiro.

Lopes confirmou ao SISEPE que o atendimento continua suspenso por falta de pagamento e disse também que os atrasos são constantes. Em alguns casos, segundo ele, as faturas estão sendo pagas com cerca de 120 dias de atraso. Rômulo Lopes também esclareceu que o caso foi encaminhado para a UNIMED/Brasil e para a UNIMED/Norte-Nordeste, que busca solucionar o impasse. Ele reclama que tentou contato com os dirigentes da administradora do PLANSAÚDE, mas nunca obteve retorno ou resposta sobre as providências quanto ao caso.

Sobre o retorno ao atendimento, a UNIMED/Imperatriz informou que só acontecerá quando o caso for solucionado junto à UNIMED/Norte-Nordeste.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
7 Comments

Bico do Papagaio

Veja quantas doses da CoronaVac cada município do Bico vai receber nesta quarta, 20

Publicado

em

Após o pedido do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS-TO), a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) encaminhou nesta terça-feira, 19, a relação de doses da vacina CoronaVac, contra a Covid-19 que serão distribuídas aos municípios.

As doses chegam a Central de Distribuição em Araguaína no final da tarde desta terça, 19, e serão entregues aos municípios biquenses, a partir das 14h, desta quarta, 20.

Confira quantas doses cada município deve receber:

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico poderão retirar vacinas CoronaVac nesta quarta, 20

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), começou no inicio da tarde desta terça, 19, o transporte de 16.288 doses da vacina CoronaVac, para a Central de Distribuição em Araguaína. É lá, que as Secretarias Municipais de Saúde do Bico e do norte do estado, deverão retirar suas cotas.

Ao todo, a Central de Araguaína, vai atender 58 municípios do Bico e Norte.

As Secretaria de Saúde do Bico, já poderão fazer a retirada do imunizante, a partir das 14h, desta quarta, dia 20.

Nesta primeira fase, serão imunizados trabalhadores da Saúde, população indígena vivendo em terras indígenas e idosos com 60 anos ou mais, que estejam em instituições de longa permanência.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico ainda não sabem cota e quando iniciam imunização contra Covid-19

Publicado

em

Com a chegada do primeiro lote de vacinas CoronaVac, contra Covid-19, nesta segunda, 18, ao Tocantins, os municípios do Bico do Papagaio ainda não tem definida a data de inicio da vacinação e nem a quantidade de doses que serão recebidas.

É aguarda para esta terça, 19, que a Secretaria de Estado da Saúde (SES), informe as Secretaria Municipais de Saúde, cada cota.

A princípio, a SES recebeu o comunicado do Ministério da Saúde, que neste primeiro lote, seriam enviadas 29.840 doses da CoronaVac, depois, esse número cresceu para 44 mil.

As vacinas para os municípios do Bico, serão transportadas ainda nesta terça, para a Central de Distribuição, em Araguaína. De lá, os municípios farão a retirada e ficam responsáveis pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo
publicidade Bronze