O vereador de Araguatins, José Azevedo de Oliveira, o Irmão Azevedo (PSC), de 47 anos, foi preso nesta terça-feira, 9, por descumprir as medidas protetivas que beneficiavam V. A. M.

A vítima denunciou junto à Polícia Civil no início do ano, que Azevedo vinha reiteradas vezes agredindo a mesma. Eles tinham um relacionamento amoroso.

A Justiça então acolheu o pedido formalizado e determinou o cumprimento das medidas restritivas por 180 dias, que acabaram sendo desrespeitadas pelo parlamentar.

A Justiça e a equipe policial notaram que a medida protetiva de urgência, com base na Lei Maria da Penha, a qual determinava o afastamento de Azevedo para com Vanessa, bem como o proíbe de manter qualquer tipo de contato com a vítima, estavam sendo desrespeitas, culminou na expedição da prisão preventiva do vereador por 180 dias.

A prisão foi então cumprida e o parlamentar encontra-se recolhido a disposição da Justiça.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.