Connect with us

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Pedido para cancelar posse de suplentes é negado pela Justiça

Publicado

em

Foi negado pelo Juízo da 1ª Escrivania Cível de Augustinópolis, no Bico do Papagaio, o pedido de Liminar feito pelos vereadores, Luizinha (PP), Toinho (PTB), Antônio Barbosa (SD), Antônio Queiroz (PSB), Neguin da Civil (MDB), Ozeas (PR), Nildo Lopes (PSDB), Ângela da Rapadura (PSDB), Marcos da Igreja (PRB) e Vaguin do Hospital (MDB), pretendendo a suspensão dos atos do presidente da Câmara, vereador Cícero Moutinho (PL), em dar posse aos suplentes, antes das partes serem notificadas oficialmente da decisão da Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que suspendeu outra Liminar, a que interrompia a cassação dos titulares pelo Plenário do Parlamento Municipal, após a investigação de uma Comissão Processante que identificou conduta ilícita dos envolvidos na Operação Perfídia.

Polícia Civil e Ministério Público apontam o pagamento de propina, via mensalinho aos vereadores de Augustinópolis, para que a bancada aprovasse projetos de interesse do prefeito, Júlio Oliveira (Republicanos). Dez vereadores foram presos e ficaram afastados do mandato por 180 dias.

Na decisão desta segunda, 16, o juiz Jefferson David Asevedo Ramos, confirma decisão de não atender o pedido de Liminar, dando conta que o ato específico praticado por Cícero Moutinho, de dar posse aos suplentes foi legal.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Augustinópolis e São Miguel são alvos da PF em operação contra fraude em licitação

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (25) a Operação “Exprobo” com o objetivo de desarticular um grupo criminoso responsável por realizar fraudes em procedimentos licitatórios, atos de corrupção e desvio de recursos públicos.

Aproximadamente 50 (cinquenta) Policiais Federais cumprem 18 (dezoito) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1º Região, nos municípios de Augustinópolis, São Miguel, Palmas, Lagoa do Tocantins, Santa Maria do Tocantins e Imperatriz no Maranhão.

As investigações apuram a atuação de um grupo criminoso responsável por realizar fraudes licitatórias e desvio de recursos públicos em contratos envolvendo recursos do Fundo Municipal de Saúde e do Fundo Municipal de Educação repassados à municípios do Estado do Tocantins, nos anos de 2017 a 2019. Identificou-se, ainda, a possível participação de agentes públicos dos municípios nos fatos em apuração, que teriam favorecido as empresas investigadas nas licitações, em troca de valores depositados em contas destes.

Com as ações de hoje, a Polícia Federal busca robustecer o conjunto probatório existente, com a obtenção de novas provas, fazer cessar a continuidade das ações criminosas, delimitar a conduta dos investigados, bem como identificar e recuperar ativos frutos dos desvios realizados.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva e associação criminosa.

A palavra “exprobo” é derivada do latim “exprobare” que significa repreender, não concordar, fazendo referência aos atos ilícitos praticados pelos investigados.

A Polícia Federal ressalta que, em razão da situação de pandemia atual, foi planejada uma logística especial de prevenção ao contágio pelo COVID19, com distribuição de EPIs a todos os envolvidos na operação, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas, investigados e seus familiares.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Confira as vagas de emprego no Sine para esta quarta, 25

Publicado

em

SINE – ARAGUATINS
Rua 13 de outubro, n° 1073, Centro.
Fone: 3474-3003 / 1100
CEP: 77.950-000 – Araguatins – TO

Veja as vagas de emprego em outras cidades do estado clicando AQUI

Continue lendo

Bico do Papagaio

ANANÁS: Jovem é acusado de receptação

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 24,  os policiais civis da 18ª DP em diligências foram até uma residência na cidade de Ananás, onde efetuaram a prisão de um homem de 18 anos, o qual é suspeito pelo crime de receptação de motocicletas roubadas na cidade de Araguaína, em 2020. O delegado Teofábio ressalta que o indivíduo já foi indiciado formalmente pelo crime mencionado e foi capturado mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pelo juízo da Comarca local.

Ainda conforme a autoridade policial, as motos foram apreendidas e após passarem por perícia, restituídas aos legítimos proprietários.

Continue lendo
publicidade Bronze