Connect with us

Bico do Papagaio

BURITI: Prefeitura proíbe consumo de bebidas alcoólicas em pontos comerciais e realização de eventos

Publicado

em

A Prefeitura de Buriti do Tocantins, na região do Bico do Papagaio, publicou um decreto com restrições para combater a pandemia de Covid-19 na cidade. O texto assinado pela prefeita Lucilene Gomes (SD) proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nos pontos comerciais da cidade e a realização de eventos.

Com uma população de 11.497, segundo o IBGE, Buriti do Tocantins registrou 309 casos de coronavírus e uma morte pela doença.

O uso de máscara permanece obrigatório em todos os pontos comerciais do município e aglomerações também seguem proibidas. Além desses pontos há várias restrições:

  • Pelos próximos 30 dias fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas em restaurantes, lanchonetes, conveniências, bares, trailers, depósitos de bebidas e em qualquer lugar que comercialize lanches ou refeições.
  • Padarias e supermercados em que o próprio cliente pode pegar os pães e similares deverão suspender este serviço, disponibilizando funcionário para atendimento ou oferecer os alimentos embalados. Também poderão disponibilizar luvas descartáveis aos consumidores.
  • Os serviços de alimentação (restaurantes, pizzarias, lanchonetes e congeneres) deverão reduzir em 50% o uso de mesas pelos clientes dentro dos estabelecimentos. Também deverão manter a distância mínima de segurança de dois metros entre as mesas e só serão permitidas até quatro pessoas por mesa.
  • Hotéis e pousadas deverão repassar diariamente informações à vigilância epidemiológica, sobre dados pessoais de seus hóspedes, local de origem, data de chegada e previsão de partida;
  • Foram suspensas também atividades em clubes, boates, casas de espetáculos e casas de eventos, assim como a realização de eventos, reuniões ou atividades em que ultrapasse o número de cinco participantes.
  • As atividades religiosas poderão acontecer, mas desde que as medidas de segurança sejam cumpridas e respeitadas, com distanciamento, uso de máscara e disponibilização de álcool em gel.

O decreto está valendo e quem descumprir poderá ser penalizado. O valor inicial da multa é de R$1 mil, podendo chegar a R$ 2 mil em caso de reincidência.

Além de Buriti do Tocantins, outras cidades do estado também voltaram a endurecer as regras para evitar o aumento dos casos de Covid. Em Gurupi, no sul do estado, a prefeitura cancelou qualquer programação de Carnaval. Na região sudeste, Aurora do Tocantins fechou todos os atrativos turísticos pelas próximas semana. Também foram decretadas medidas em Paraíso do Tocantins. (G1)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Homem mata mulher com 3 tiros em plena via pública

Publicado

em

Uma mulher de 21 anos foi assassinada a tiros em Tocantinópolis, na região norte do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar (PM), ela foi atingida por disparos no meio da rua durante uma discussão com um homem. O suspeito é procurado.

O crime aconteceu neste sábado (16) no setor Alto da Boa Vista. Ao chegar no local, testemunhas disseram que o suspeito teria fugido para a casa da mãe.

Uma ambulância da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) chegou a ser chamada, mas a vítima já estava sem vida. A área foi isolada para realização da perícia e corpo da jovem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

A PM esteve na casa da mãe do suspeito, mas ele não foi encontrado. A companheira dele informou que viu o crime acontecer e que tudo começou porque o homem e a vítima tiveram uma discussão no meio da rua. Ele teria sacado uma arma e atirado três vezes na mulher.

A PM não informou que tipo de relação o suspeito tinha com a vítima.

A companheira do suspeito foi levada à delegacia como testemunha. Os militares fizeram buscas, mas até a última atualização desta reportagem ele não tinha sido preso. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

No dia que Brasil começa vacinação contra Covid-19, Bico acumula mais de 12 mil infectados

Publicado

em

Logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, neste domingo, 17, foi aplicada a primeira dose no país.

A primeira pessoa vacinada fora dos estudos clínicos foi Mônica Calazans, de 54 anos, enfermeira, negra e moradora da zona leste da capital. Ela, que atua na linha de frente contra a Covid-19 no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, foi vacinada no fim da tarde no Instituto Butantan. Até então, as únicas pessoas do país que haviam tomado a vacina faziam parte dos testes clínicos.

A vacina chega, nove meses depois do registro do primeiro caso no Bico do Papagaio. Durante esses noves meses, a região acumula 12.010 casos de pessoas que se infectaram com o vírus Sars-Cov-2. A quantidade configura 12.4% de todos os 96.319 casos identificados no Tocantins.

188 pacientes dos 12.010 infectados morreram na região. Isso representa 1.56%. Em comparação ao número de mortes no Tocantins, os óbitos no Bico, corresponde a 14.3% dos 1.313 registrados em todo o estado.

Tocantinópolis é o município do Bico do Papagaio que mais teve moradores infectados, com 1.374, seguido de Araguatins, com 1.148 e Xambioá com 1.125.

Quanto ao número de mortes, quem lidera é Araguatins, com 31 óbitos, seguido de Tocantinópolis, com 24 e Ananás com 16.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Mulher de 84 anos é a 31ª vítima da Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde, confirmou neste sábado, 16, a 31ª morte por Covid-19, no município de Araguatins, no Bico do Papagaio.

Com a confirmação, Araguatins segue na liderança no Bico do Papagaio em quantidade de mortes, seguido de Tocantinópolis e Ananás e na sétima posição em relação ao estado, atrás de Araguaína, Palmas, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso e Colinas.

A vítima confirmada neste sábado, morreu na terça, dia 12. Ela tinha 84 anos, era mulher e tinha diabetes e hipertensão.

Continue lendo
publicidade Bronze