O ex-governador do Tocantins Marcelo Miranda (MDB) foi preso durante operação da Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (26/09/2019). Miranda é investigado por corrupção, peculato, fraudes em licitações, desvios de recursos públicos, recebimento de vantagens indevidas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro.

Agentes da PF cumprem 11 mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva. Miranda foi preso em Brasília, no apartamento funcional da mulher, a deputada Dulce Miranda (MDB-TO). Ela, no entanto, não é investigada.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.