Connect with us

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Ministra quer encontrar “respostas”

Publicado

em

O Grupo de Trabalho Araguaia (GTA) continua as escavações em Xambioá. No local estão sendo realizadas as buscas pelos restos mortais dos ex-combatentes da Guerrilha do Araguaia (1972-1975), por agentes e peritos dos Ministérios da Defesa e da Justiça e da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos (SDH).

A ministra da SDH, Maria do Rosário, chegou nesta quarta-feira, 27, à cidade e foi direto para o cemitério conferir o andamento dos trabalhos. Depois se reuniu com o GTA e com membros da Associação dos Torturados da Guerrilha do Araguaia (ATGA). Segundo ela, o governo federal quer levar respostas à população e prestar contas à sociedade sobre esse período da história brasileira. “Procuramos por pessoas que lutaram pela democracia no Brasil e por isso precisamos de mais informações para conseguirmos localizá-las.”

Ontem, pela primeira vez um ministro esteve nos locais das escavações. Segundo um dos coordenadores do GTA, Sávio Andrade Filho, são dois os pontos onde os trabalhos estão concentrados: no cemitério (com duas escavações) e Axixá (com quatro escavações). “Em 2010, tivemos essas duas áreas levantadas pelos ouvidores”, conta.

Ossada

Segundo a equipe técnica, o grupo chegou a encontrar uma ossada, porém não pode afirmar ainda se é ou não de algum guerrilheiro, pois ainda trabalhamcuidadosamente na remoção da área para não prejudicar o material que será recolhido e levado para Brasília (DF).

Familiares e vítimas desse período se reuniram com a ministra no memorial dedicado aos guerrilheiros. Representados pela ATGA, que congrega cerca de 280 pessoas e atua desde 1996, entregaram uma carta a Maria do Rosário solicitando que seja derrubada a ação na Justiça Federal do Rio de Janeiro que cassou dos direitos dos 44 camponeses que foram anistiados em 2009, além das indenizações de muitas famílias que têm familiares desaparecidos desde a década de 1970. (Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Carlesse cumpre agenda em municípios do Bico nesta segunda e terça

Publicado

em

Assinatura de ordem de serviço para obras de reconstrução de pavimentos urbanos e para retomada das obras do Hospital Regional de Augustinópolis, além de entrega de 1.750 cestas básicas a famílias em vulnerabilidade social e de 7.797 kits de alimentação para alunos da rede pública estadual. Essas são algumas das ações que compõem a agenda do governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, durante visita aos municípios da região do Bico do Papagaio, nestas segunda e terça-feira, 21 e 22.

“O sentimento que move esta gestão é melhorar a vida povo, gerando emprego e renda em todos os municípios. Vamos começar pelo Bico do Papagaio, retomando obras e iniciando outras nesses municípios, e ainda assinar contratos de empréstimos para darmos início à retomada da economia. Além disso, vamos levar alimento a quem tanto precisa nesse momento difícil que estamos passando. É importante que o povo saiba que o Estado não parou um minuto nessa pandemia e não tem medido esforços para realizar as ações que o Tocantins tanto precisa”, ressalta o Governador.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Fabion critica atuação política da CODEVASF e Jair rebate

Publicado

em

Nesta noite de sexta, 18, os deputados Fabion Gomes (PL) e Jair Farias (MDB), se envolveram em um debate em rede social, sobre a atuação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF).

Fabion falava com o prefeito de Nazaré, Clayton Paulo (Sem Partido), sobre o direcionamento dos investimentos da CODEVASF no Bico do Papagaio, onde estariam sendo beneficiados, municípios de interesse de Jair Farias.

Ao escutar a conversa, Jair entrou no assunto e negou o fato.

Fabion retrucou e chegou a dizer, que a empresa, contratada para executar as obras, está envolvida em diversas irregularidades.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Comissão Avaliadora do Conselho Estadual da Educação faz vistoria na UNITINS

Publicado

em

O Câmpus Augustinópolis da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) recebeu nesta segunda e terça-feira, 14 e 15 de junho, a visita da Comissão Avaliadora do Conselho Estadual de Educação (CEE). A visita in loco atendeu a três aspectos protocolares, conforme instrumentos de avaliação do CEE: vistoria da estrutura física, análise documental e reuniões com integrantes da comunidade acadêmica. O trabalho de vistoria in loco acontece no contexto do recredenciamento institucional da Unitins, cuja visita é a última etapa do processo.  

O presidente da Comissão de Avaliação, professor Evandro Borges Arantes, avalia que a visita foi muito proveitosa. Ele comenta que “já estive no Câmpus Augustinópolis em outras ocasiões,  desde o início do seu funcionamento, até por conta disso pude acompanhar a notória evolução, tanto no aspecto da estrutura física, que melhorou sensivelmente, quanto a própria organização administrativa e didático-pedagógica, que também está bem diferente e bem melhor do que das outras ocasiões em que lá estive”, destaca o conselheiro, ao apresentar algumas considerações sobre a visita.

De forma preliminar, ele pontua que “o novo prédio onde o Câmpus está instalado tem todas as condições, atende tudo que preconizam os atos regulatórios e os instrumentos de avaliação do CEE”, acrescenta.

Evandro Borges comenta, ainda, que o fato da Unitins ter organizado e disponibilizado todas as pastas, dossiês, relatórios e evidências foi importante e facilitou o trabalho dos avaliadores. Ele explica que os dados dos relatórios foram confrontados e correlacionados ao que se via na prática, in loco. “Nós vimos não apenas o que constava nos relatórios, mas evidências práticas da realização das atividades. Em suma, ficamos bastante satisfeitos”, declara o presidente da Comissão Avaliadora ponderando que, apesar das melhorias verificadas, serão feitas algumas observações, “mas isso não é demérito para a instituição, ao contrário, isso é só um indicativo do que a instituição ainda pode melhorar”.

O reitor Augusto Rezende também pontua a mudança de estrutura física como uma melhoria importante par ao Câmpus. “Foi apresentada a evolução predial que tivemos, saindo do Colégio La Salle, que a Unitins ocupava até o ano de 2019, indo a partir de 2020 para o Centro Santa Rita, que é um local bem mais adequado para a estrutura da universidade, um local que tem muito espaço, e os avaliadores também verificaram toda a estrutura tecnológica e o câmpus devidamente pronto para o projeto de expansão da Unitins”, relata.

Para o reitor, as visitas in loco dos avaliadores do CEE consolidam as autorizações de recredenciamento de toda a Universidade. “A gente acredita que é um passo importante para a regulamentação desses atos. A Unitins recebe com muito carinho e com muita atenção as visitas e as ponderações do CEE para que a gente possa avançar sempre no processo de melhoria do ensino e aprendizagem, evoluindo tanto no Ensino, quanto na Pesquisa e na Extensão”, finaliza. 

A diretora do Câmpus Augustinópolis, Gisele Padilha, relata que a visita aconteceu de maneira tranquila e segundo ela, foi bastante produtiva. Ela conta que a Comissão visitou e avaliou toda a estrutura física da unidade, analisou dossiês dos docentes, documentos institucionais e realizou reuniões com as equipes do Câmpus. Conversou ainda com estudantes, com integrantes da Comissão Própria de Avaliação (CPA), com a Reitoria e os pró-reitores. Gisele explica que, ao final da visita, o feedback imediato veio acompanhado de sugestões de melhorias. “A avaliação nos motiva e demonstra que estamos no caminho certo. Nosso sentimento é de gratidão a todos que contribuíram e nos apoiaram durante esse processo”, destaca a diretora, satisfeita com o diálogo com os conselheiros. (Ruy Bucar)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze