O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), iniciou na segunda-feira, 12, reuniões ampliadas entre os técnicos da gerência de Inclusão Produtiva, os empreendimentos de economia solidária e a rede de gestores de entidades socioassistenciais. A equipe da Inclusão Produtiva se dirige às TVs e rádios locais, os Centros de Referências de Assistência Social (CRAS), as câmaras de vereadores, entre outros, expondo as pautas às autoridades e aos beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) em cada cidade visitada.

Os encontros, que prosseguem até a quinta-feira, 15, acontecem nos municípios da região do Bico do Papagaio, no norte tocantinense, e são preparatórios para os eventos que acontecem na sexta-feira,16, em Araguatins e Itaguatins; onde serão assinados os termos de compromissos técnicos e termos de ajustes.

“As reuniões são introdutórias aos temas que serão expostos no lançamento dos projetos de Inclusão Produtiva Urbana e Rural, na sexta-feira,16, nas duas cidades; e servem para que as pessoas tenham conhecimento do que será tratado no evento”, ressaltou o técnico de referência da Inclusão Produtiva da Setas, Valter Frota.

Assinatura do Plano de Ação

Em Itaguatins a assinatura do Plano de Ação acontece às 8h, no CRAS local; onde também serão entregues os certificados dos cursos de capacitações que estão acontecendo na cidade. Já em Araguatins o evento será a partir das 14h, no templo da Assembleia de Deus, no bairro Novo Araguatins. Os demais municípios, dentre os quais,Augustinópolis, São Miguel do Tocantins, Sampaio e Carrasco Bonito, assinarão o Plano de Ação em data posterior.

Novo Cadastro

Os beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) devem comparecer com os documentos de identidade, CPF, comprovante de endereço, PIS e cartão Bolsa Família, para que sejam inscritos no Cadastro Nacional de Empreendimentos Econômicos Solidários (CADSOL) e no Sistema Nacional de Informação em Economia Solidária (SIES), queconsistem em bancos de dados dos empreendimentos de economia solidária de todo o Brasil, e visam à promoção de cursos de capacitação e qualificação profissional, microcrédito, e empreendimentos. (Cláudio Duarte)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.